Crise turca tem pausa e bolsas se recuperam; dólar cai no Brasil e Ibovespa sobe

LinkedIn

A crise na Turquia teve uma pausa hoje, com os investidores avaliando os impactos das medidas tomadas pelo Banco Central turco sobre os bancos locais e as empresas. O dólar caiu 5%, para 6,53 liras, depois de superar as sete liras ontem. Com a menor pressão sobre a Turquia, também os mercados de risco devem ter um dia mais tranquilo.

O Índice Nikkei fechou em alta de 2,3% e, na Europa, o Índice Euro Stoxx 600 ganha 0,12%. O Índice Dow Jones futuro indica alta de 0,3%. Pode ser, porém, apenas o chamado “olho do furacão”, fase de calmaria antes de nova onda de turbulência, que poderá começar com algum banco turco ou empresa de grande porte dando calote ou sinalizando dificuldades em honrar pagamentos.

No Brasil, o dólar comercial cai 0,56%, para R$ 3,875 para venda. Já o dólar turismo recua 0,49%, para R$ 4,03 para venda. Os juros futuros na B3 recuam e o Índice Bovespa abriu em alta, com 0,43% de ganho, aos 77.842 pontos.

O mercado brasileiro continuará acompanhando os desdobramentos da crise turca sobre os países emergentes e o cenário eleitoral local. Amanhã, termina o prazo para registro das chapas que vão concorrer à Presidência e terá início a campanha eleitoral nas redes sociais e na internet.

Deixe um comentário