Cade dá aval para negócio entre Travelers e Porto Seguro

LinkedIn

A transferência pela Travelers Brasil de dados e informações envolvendo apólices de seguros e bilhetes para a Porto Seguro (BOV:PSSA3) recebeu parecer favorável da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O objetivo do negócio firmado neste ano é “facilitar a emissão das novas apólices e fornecer informações que permitam à Porto Seguro renovar as apólices de seguros, bilhetes, certificados, endossos, aditamentos e alterações, emitidos pela Travelers Brasil”.

A Superintendência apontou que essa operação vai garantir 12,24% do setor envolvendo seguros patrimoniais e 4,10% no segmento de seguros de responsabilidade. “Assim, a operação não conferiria à Porto Seguro o controle de parcela maior de 20% nos mercados envolvidos”, informou o órgão do Cade.

A Superintendência deve analisar com maior rigor os casos envolvendo controles a partir de 20% dos mercados. “A reduzida participação envolvida no presente caso não indica preocupações de ordem concorrencial nos mercados de seguros patrimoniais e de responsabilidade, sendo possível sua aprovação por rito sumário”, completou o órgão antitruste.

Com Valor Econômico 

Deixe um comentário