Direcional Engenharia divulga prévia operacional do 3T19

LinkedIn

A Direcional Engenharia (BOV:DIRR3) divulgou prévia operacional do terceiro trimestre, com as vendas líquidas atingindo R$ 326 milhões, alta de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior. O segmento MCMV 2 e 3 atingiu R$ 294 milhões de vendas líquiengedas, crescimento de 17%.

A geração de caixa somou R$ 43 milhões entre julho e setembro, enquanto no acumulado ano atingiu R$ 132 milhões. A empresa anunciou ainda o pagamento de dividendos de 0,50 por ação, representando um dividend yield de 4%.

No terceiro trimestre, as vendas brutas totalizaram um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 409 milhões e os distratos ficaram em R$ 83 milhões, impactados principalmente pela “ausência de repasse em parte do trimestre decorrente de uma portaria, instaurada pelo Governo Federal para regulamentação do orçamento de subsídios do Programa Minha Casa Minha Vida, que já foi regularizada normalizando o ritmo de repasse”.

A velocidade de vendas líquidas, medida pelo indicador VSO (Vendas Líquidas sobre Oferta), atingiu índice de 13%. A VSO do segmento MCMV 2 e 3, alcançou 14%. A Direcional encerrou o terceiro trimestre com 11.342 unidades em estoque, totalizando VGV de R$ 2,2 bilhões.

A Direcional lançou oito empreendimentos, todos elegíveis ao Programa MCMV. O VGV total de lançamentos foi de R$ 437 milhões, sendo R$ 398 milhões pertencentes à companhia. No acumulado do ano, os lançamentos de incorporação (sem MCMV Faixa 1) atingiram R$ 1,4 bilhão, crescimento de 17%.

Para o Credit Suisse, o resultado operacional, medido pelo fluxo de caixa, foi a principal surpresa positiva, já que ao longo do trimestre ocorreram várias restrições de repasses por parte da Caixa. “Com isso o dividend yield de 4% pode dar um suporte para as ações”, destacou.

Os analistas do Credit Suisse, entretanto, avaliaram que as vendas e lançamentos vieram mais fracos do que o esperado. Ao longo do quarto trimestre, porém, eles esperam que esse quadro possa ser revertido, à medida em que os financiamentos sejam normalizados.

O Credit Suisse destaca ainda que as margens foram saudáveis e devem vir melhor do que a dos seus pares, “indicando que a companhia pode ter escolhido preservar margem em detrimento de vendas”. A instituição mantém sua preferência pela Direcional entre as empresas de baixa renda.

Deixe um comentário