Doria suspende cobrança de água de 506 mil famílias; ações da Sabesp caem 4%

LinkedIn

Na tarde desta quinta-feira, as ações da Sabesp (SBSP3) operam com forte queda, com o mercado reagindo à notícia de que o governo de São Paulo vai suspender a cobrança da tarifa de água pela companhia a famílias de baixa renda. Ao todo, serão contempladas 506 mil famílias.

Com isso, por volta das 15h14, os ativos perdiam 4,45% a R$ 36,11.

A decisão faz parte de um conjunto de medidas anunciadas pelo governador João Doria (PSDB) na tentativa de diminuir os impactos causados pelo novo coronavírus no estado e conter o avanço da doença, com as famílias passando mais tempo em casa.

“São aquelas famílias que pagam a tarifa social, de menor renda e mais prejudicadas pela crise econômica”, disse Doria em entrevista coletiva.

De acordo com o governador, a partir do dia 1º de abril, a tarifa não será cobrada por um período de 90 dias. Desta forma, não haverá cobrança até junho.

Além disso, Doria também, protestos de servidores do estado de São Paulo, pessoas físicas e jurídicas, por 90 dias.

“Isso melhora e permite que essas pessoas possam destinar os seus recursos para esse momento difícil de transposição da crise do coronavírus”.

Por Gabriel Codas

Deixe um comentário