Tecnisa propõe grupamento de ações a acionistas

LinkedIn

Após reunião do Conselho de Administração da Tecnisa (BOV:TCSA3), a empresa informou por meio de fato relevante que foram aprovadas as propostas para adoção do Segundo Plano de incentivo de Longo Prazo e Grupamento da totalidade das ações ordinárias na proporção de 10 para 1.

Grupamento de ações

Os papéis do tipo: ordinário, nominativo e escritural na proporção de 10 ações formarão uma ao final.

De acordo com a Tecnisa, a medida tem como objetivo conferir melhor patamar para cotação das ações das ações da companhia.

Caso seja aprovado na Assembleia Geral, o programa será efetivado 30 dias após a decisão. O período servirá aos acionistas ajustarem sua posição acionária dentro da empresa.

Segundo Plano

Conforme o comunicado, a gerência do Segundo Plano caberá ao Conselho de Administração, que poderá delegar as funções a administração de Programas à Diretoria da Companhia. Para isso, não será permitida a indicação de diretores estatutários da Companhia com beneficiários.

De acordo com os termos do programa, poderão ser atribuídos aos Beneficiários incentivos de longo prazo no recebimento de valor financeiro. Os números serão baseados no valor das ações de emissão e/ou na valorização das ações da Companhia.

Segundo a Tecnisa, o programa tem como objetivo alinhar os interesses dos Beneficiários aos da Companhia, assim como de seus acionistas. Ao mesmo tempo, o Segundo Plano visa atrair e reter os Beneficiários e estimular o crescimento, o êxito e a obtenção dos objetos da Companhia.

No final, o programa tem como finalidade a criação de valor de longo prazo para a Tecnisa e seus acionistas.

 

As propostas ainda esperam a deliberação e a aprovação da Assembleia Geral da Companhia para serem efetivadas.

Deixe um comentário