Diário Coronavírus: Casos globais de coronavírus atingirão 1 milhão em poucos dias

LinkedIn

Casos globais: mais de 912.097

Mortes globais: pelo menos 45.539

Os 5 principais países: Estados Unidos (187.919), Itália (105.792), Espanha (95.923), China (82.278) e Alemanha (71.808)

Brasil: 6.836 casos e 240 mortes

Fonte: Johns Hopkins University – 16:00 horário de Brasília 

Saiba Mais: 29/03/2020 – 30/03/2020 – 31/03/2020

Dia 01/04/2020

(20:02) Trump diz que o governo ordenou que o Walmart usasse uniformes hospitalares

O presidente Donald Trump conversou com o CEO do Walmart, Doug McMillon, e fez uma “grande encomenda” de uniformes hospitalares.

“Deixe-o ser enviado diretamente para o lado do hospital, porque economizamos muito tempo quando fazemos isso”, disse Trump.

Médicos, enfermeiros e profissionais de saúde de todo o país pediram mais equipamentos de proteção individual (EPIs), como uniformes e máscaras, para protegê-los do coronavírus enquanto trabalhavam em hospitais.

(19:34) Trump diz que não sabe se a China subnotificou os números de coronavírus: “Eu não sou contador da China”

O presidente Donald Trump disse que não recebeu nenhum relatório de inteligência mostrando que o governo chinês subnotificou o número de casos de coronavírus e mortes no país.

“Eu não sou contador da China”, disse Trump quando perguntado em uma coletiva de imprensa da Casa Branca se os números da China são precisos.

Ainda assim, Trump disse que a contagem de Pequim parecia “um pouco do lado positivo, e eu estou sendo legal quando digo isso, em relação ao que testemunhamos e ao que foi relatado”.

As declarações do presidente vieram horas depois de uma reportagem dizer que o presidente recebeu um resumo secreto da inteligência, observando que a China subnotificou deliberadamente a extensão de seu surto de COVID-19.

(19:25) O conselheiro da Casa Branca, Fauci, diz que o teste da vacina contra o coronavírus está no alvo e será “a melhor mudança de jogo”

O primeiro teste em humanos que testou uma vacina em potencial para prevenir o COVID-19 está “no caminho certo”, com distribuição pública ainda projetada em 12 a 18 meses, o que seria o “melhor momento para mudar o jogo” na luta contra a pandemia, o consultor de saúde da Casa Branca, Dr. Anthony Fauci disse quarta-feira.

As autoridades de saúde dos EUA têm acompanhado rapidamente o trabalho com a empresa de biotecnologia Moderna para desenvolver uma vacina para prevenir o COVID-19. Eles começaram seus primeiros testes em humanos com uma potencial vacina em 16 de março.

O teste teve que testar três doses diferentes da vacina, disse Fauci, acrescentando que eles já testaram as duas primeiras doses e agora estão administrando a dose mais alta a voluntários humanos para ver se há alguma reação adversa.

(18:30) Número de casos chega a 6.836 e mortes somam 240 no Brasil

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no país subiu para 6.836 nesta quarta-feira (1°), de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde. O número de mortes por covid-19 chegou a 240. O índice de letalidade ficou em 3,5%.

Ontem, o país contabilizava 201 óbitos e 5.717 casos confirmados da doença. Os novos casos somaram 1.119, um pouco menos do que os 1.138 novos no balanço ontem.

(15:30) Coppe desenvolve ventiladores pulmonares para combate ao coronavírus

Uma cadeia de colaboradores, que inclui as empresas Petrobras e Vale, o grupo norte-americano Whirlpool, representado pela indústria Brastemp, mais a Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj), está ajudando o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), a desenvolver ventiladores pulmonares mecânicos para tratamento da covid-19.

A ideia é fazer os primeiros testes em pacientes já na próxima semana.

(15:20) Casos globais de coronavírus atingirão 1 milhão e 50.000 mortes em alguns dias, dizem funcionários da OMS

As autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) estão “profundamente preocupadas” com a “rápida escalada e disseminação global” do surto de coronavírus, dizendo que as infecções globais atingirão 1 milhão com 50.000 mortes em poucos dias.

“Nas últimas cinco semanas, testemunhamos um crescimento quase exponencial no número de novos casos, atingindo quase todos os países, territórios e áreas”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva na sede da organização na quarta-feira. “Há três meses, não sabíamos quase nada sobre esse vírus”.

“Esta é uma pandemia causada pela primeira vez por um coronavírus e cujo comportamento não é realmente conhecido. Temos que ficar em uníssono para encontrar esse vírus muito perigoso”, disse Tedros.

(14:50) American Airlines pede desculpas por oferecer, por engano, dezenas de pilotos de licença voluntária

A American Airlines pediu desculpas aos seus pilotos na quarta-feira, depois de oferecer erroneamente a milhares de aviadores opções de licença voluntária como parte do esforço da empresa para reduzir custos para combater o número de coronavírus na demanda de viagens.

A American tinha “por erro de cálculo ou comunicação incorreta” que um mínimo de 1.200 pilotos que pilotam aeronaves de corpo estreito Airbus A320 e Boeing 737 poderiam tirar licença de curto prazo, de acordo com um e-mail para pilotos de Kimball Stone, vice-presidente sênior de operações de vôo da American, que foi revisado pela CNBC. “A oferta para as folhas de curto prazo … terminou ontem de manhã e, quando começamos o processo de premiação, descobrimos que não poderíamos oferecer nem um número próximo de folhas com base na programação atual de abril. De fato, o Manpower Planning não acreditava que poderíamos acomodar quaisquer folhas de A320 ou B737 para o mês de abril. ”

(14:22) Municípios paulistas devem comunicar à Alesp estado de calamidade

As prefeituras de municípios paulistas estão sendo convocadas para comunicar formalmente a condição de calamidade pública à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

O comunicado foi um procedimento considerado necessário após a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 5/2020 que reconhece o estado de calamidade pública nas 644 cidades do estado, no contexto da pandemia de covid-19.

(14:19) Itália vê menos mortes por coronavírus, mas novos casos crescem

O número de mortos pelo surto de coronavírus na Itália subiu para 727m totalizando 13.155, informou a Agência de Proteção Civil, um aumento significativamente menor do que o registrado na terça-feira e o menor número diário desde 26 de março.

No entanto, o número de novos casos aumentou mais acentuadamente do que no dia anterior, crescendo 4.782 em relação a 4.053 anteriores, elevando o número total de infecções desde o surgimento do surto em 21 de fevereiro para 110.574

(14:05) Hospital de campanha do Pacaembu será entregue hoje

A prefeitura de São Paulo entrega, hoje (1º), o hospital de campanha montado no Estádio do Pacaembu, na zona oeste da cidade, para a administração do Instituto de Responsabilidade Social do Hospital Israelita Albert Einstein. O espaço, montado devido a pandemia do novo coronavírus (covid-19), conta com 192 leitos de baixa complexidade e oito semi-intensivos com respiradores.

(13:38) China escondeu extensão do surto de coronavírus, segundo informações de inteligência dos EUA

O governo chinês subnotificou deliberadamente o número total de casos e mortes de coronavírus no país, informou a comunidade de inteligência dos EUA à Casa Branca, segundo um novo relatório.

A Bloomberg, citando três autoridades americanas, informou que a comunidade de inteligência disse em um relatório confidencial que a contagem pública de infecções e mortes por COVID-19 na China é propositadamente incompleta.

O relatório secreto conclui que os números da China são falsos, disseram dois funcionários à Bloomberg. A Casa Branca recebeu o relatório na semana passada, de acordo com a agência de notícias.

(11:41) Torneio de Wimbledon 2020 cancelado devido a coronavírus

O Torneio de Wimbledon de 2020 foi cancelado devido a problemas de saúde pública relacionados à epidemia de coronavírus.

O campeonato estava programado para ser realizado de segunda-feira, 29 de junho a domingo, 12 de julho. O 134º torneio será realizado entre 28 de junho e 11 de julho de 2021.

“Esta é uma decisão que não tomamos de ânimo leve, e o fizemos com o mais alto respeito à saúde pública e ao bem-estar de todos aqueles que se reúnem para fazer Wimbledon acontecer”, Ian Hewitt, presidente do Conselho Geral da All Inglaterra Club, disse.

O site de Wimbledon diz que as pessoas que pagaram os ingressos serão reembolsadas. Eles terão a chance de comprar ingressos para o campeonato em 2021.

(12:34) Publicada MP que suspende reajuste de medicamentos por 60 dias

O governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), a Medida Provisória (MP) 933/2020 suspendendo por 60 dias o reajuste anual de preços de medicamentos para o ano de 2020. A medida foi tomada em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com a suspensão, que entrou em vigor ontem (31), o aumento só poderá ser realizado a partir do de 1° junho.

(11:27) Passageiros de cruzeiros da carnival pedem entrada no porto da Flórida

Mais de 1.400 passageiros do MS Zaandam, de propriedade do Carnival, estão pedindo à Flórida que os permita entrar. Mas autoridades, incluindo o governador Ron DeSantis, dizem que o estado simplesmente não tem recursos para assumir uma carga extra em meio a uma crescente crise de saúde.

“Não podemos dar ao luxo de ter pessoas que nem são da Flórida jogadas no sul da Flórida gastando esses recursos valiosos”, disse DeSantis à Fox News na segunda-feira.

Quatro pessoas morreram no navio, pelo menos duas por causa do coronavírus, nove outras foram positivas e 179 outras estão com sintomas semelhantes aos da gripe. O navio deixou Buenos Aires, Argentina, em 7 de março e estava programado para terminar sua viagem ao Chile em 21 de março. Os passageiros deveriam ter desembarcado no Chile, mas foram afastados.

(11:14) Mais de 1.000 policiais de Nova York têm o coronavírus

Mais de 1.000 policiais da cidade de Nova York contraíram o COVID-19 enquanto as chamadas de emergência na cidade atingemm recordes.

Dos mais de 36.000 funcionários do Departamento de Polícia de Nova York, 1.048 policiais e 145 funcionários civis testaram positivo para COVID-19 na terça-feira, informou o NYPD em comunicado. O departamento acrescentou que 5.657 policiais uniformizados, ou mais de 15% da força, informaram estar doente na terça-feira.

Funcionários do Corpo de Bombeiros de Nova York disseram à NBC News que 282 membros, incluindo bombeiros, paramédicos e civis, deram positivo para COVID-19. Ao mesmo tempo, o volume de chamadas do 911 está atingindo recordes diários, disse o Corpo de Bombeiros.

Foram realizadas 6.527 ligações médicas para o 911 na segunda-feira e, nos últimos dias, o FDNY teve que “reter” centenas de ligações, de acordo com a NBC News. Isso significa que as chamadas de baixa prioridade precisam aguardar ambulâncias.

(10:11) App do ministério da infraestrutura cria funções para apoiar caminhoneiros

aplicativo InfraBR para apoio dos caminhoneiros ganhou duas funcionalidades lançados pelo Ministério da Infraestrutura, com apoio do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), As novas funções vão ajudar os motoristas a enfrentar as dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

(08:12) TRF2 suspende liminar que fixava verbas para combate ao coronavírus

O presidente do Tribunal Regional Federal 2ª Região (TRF2), Reis Friede, suspendeu liminar que obrigava a Presidência da República e o Congresso Nacional a destinar recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha para medidas de combate ao novo coronavírus (Covid-19). Para o desembargador, essa decisão orçamentária caberia aos poderes Executivo e Legislativo.

(07:48) China começa a contabilizar casos assintomáticos

As autoridades chinesas estão voltadas agora para os pacientes que transportam silenciosamente o novo coronavírus. Nesta quarta-feira (1º) foram identificados 130 novos casos assintomáticos. A proporção de pessoas que contraiu o vírus mas não tem sintomas é ainda desconhecida, mas os especialistas acreditam que esses pacientes também podem transmitir o vírus. O diretor do Centro Norte-Americano para Controle e Prevenção de Doenças acredita que pelo menos um em cada quatro casos de covid-19 é assintomático.

(07:41) Pandemia: produtores rurais se preparam para diminuir riscos

O produtor rural brasileiro tem buscado informações para encarar o novo coronavírus, de forma a evitar que o prejuízo já esperado fique ainda maior. De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), pequenos e médios produtores têm sido os que mais buscam informações junto à entidade.

A guerra é contra o vírus, e em defesa do negócio, dos entes queridos e das equipes que trabalham no campo. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que mais de 15 milhões de pessoas trabalham nos estabelecimentos agropecuários do país.

(07:36) Espanha ultrapassa 100.000 casos

A Espanha agora tem 102.136 casos de coronavírus, informou o Ministério da Saúde na quarta-feira, com o número de mortes nas últimas 24 horas atingindo um recorde de 864 pessoas.

Um número total de 9.053 pessoas já morreram da doença na Espanha. O número total de casos aumentou 7.719 a partir de terça-feira.

(07:20) Pandemia é o maior desafio desde a 2ª Guerra Mundial, alerta ONU

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que a pandemia de covid-19 é o maior desafio que o mundo enfrenta desde a Segunda Guerra Mundial. Para ele, a situação pode levar a uma recessão sem paralelo e, por isso, exige resposta forte e eficaz.

“É a combinação de uma doença ameaçadora para todo o mundo e de um impacto econômico que conduzirá a uma recessão sem precedentes”, argumenta Guterres para explicar porque essa pandemia é o pior momento desde que as Nações Unidas foram criadas, há 75 anos.

(07:00) Reino Unido pede aos hospitais que aumentem os testes para o coronavírus

O ministro da Saúde do Reino Unido pediu aos hospitais que usem espaço de laboratório disponível para testar a equipe da linha de frente e do auto-isolamento do NHS em busca de coronavírus, em meio a preocupações com a falta de testes para profissionais de saúde e ausências potencialmente desnecessárias.

O secretário de saúde, Matt Hancock, pediu mais exames para os trabalhadores dos serviços de saúde, à medida que a pressão sobre o governo aumenta devido à sua pequena quantidade de testes em comparação com outros países, como a Alemanha. Outro ministro do governo, Michael Gove, disse que o Reino Unido tinha que ir “mais longe, mais rápido” para aumentar os testes.

06:03: Indonésia deve abrir hospital de emergência contra coronavírus em ilha desabitada

A Indonésia abrirá na próxima semana um novo hospital de emergência para coronavírus na ilha desabitada de Galang. As autoridades de lá teriam re-proposto um antigo campo de refugiados da era da Guerra do Vietnã como parte dos esforços para aumentar rapidamente as capacidades de assistência à saúde.

A Indonésia registrou 1.677 casos de coronavírus em 1º de abril e 157 mortes – a maior taxa de mortalidade no sudeste da Ásia. Acredita-se que a taxa de infecção entre a população da Indonésia de 260 milhões possa ser substancialmente mais alta, enquanto dados oficiais de meados de março mostram que o país tem apenas cerca de 12 leitos hospitalares por 10.000 pessoas

(03:20) Receitas de jogos de Macau caem 80% em março

A receita de jogos em Macau mergulhou 79,7% em março, quando o fluxo de turistas secou devido à pandemia.

Ele disse que as principais operadoras Wynn Macau, Sands China, MGM China e Galaxy Entertainment estavam perdendo entre US $ 1,5 milhão e US $ 4 milhões por dia para manter as operações em andamento. Na semana passada, Macau proibiu visitantes da China continental, Hong Kong e Taiwan que viajaram para o exterior, após uma proibição anterior de visitantes estrangeiros.

(02:30) China relata 36 novos casos, 7 mortes

A Comissão Nacional de Saúde da China (NHC) registrou 36 novos casos em 31 de março, dos quais 35 foram “importados”. Houve mais sete mortes, das quais seis foram em Hubei, o epicentro do surto.

Isso eleva o total da China para 81.554 casos confirmados e 3.312 mortes, informou o NHC.

A partir de quarta-feira, o NHC reportará dados sobre casos assintomáticos sob observação médica. Havia 130 novos casos assintomáticos em 31 de março, com um total de 1.367 sob essa observação, segundo o NHC.

(00:23) Nissan suspende produção na fábrica de Kyushu depois que funcionário deu positivo

A Nissan Motor disse que parou de operar a linha de produção de veículos em sua fábrica de Kyushu para iniciar o trabalho de desinfecção depois que um funcionário deu um resultado positivo para o COVID-19 em 31 de março, com base nas orientações das autoridades de saúde.

Na semana passada, a montadora disse que ajustaria temporariamente a produção em três de suas fábricas no Japão devido à menor demanda no mercado automobilístico.

Deixe um comentário