Petrobras 3 em 1: Cancelamento da AGO, nota de crédito da S&P e nova data de divulgação de relatórios

LinkedIn

A Petrobras divulgou a nota de crédito global da agência de risco S&P, as datas do relatório de produção, vendas, desempenho financeiro e o cancelamento da AGO convocada para o próximo dia 27.

Os comunicados da empresa (BOV:PETR4) (BOV:PETR3) aconteceram após o pregão desta terça-feira (07). O dia começou agitado com o anúncio da descoberta de petróleo na bacia de campos e a produção de 2,07 milhões de barris por dia.

A primeira foi que divulgará o relatório trimestral de produção e vendas no dia 27 de abril e o relatório de desempenho financeiro no dia 14 de maio, após o fechamento dos mercados.

A segundo notícia foi sobre o rating. A petroleira informou que a agência de classificação de risco S&P Global Ratings (S&P) alterou a perspectiva de nota de crédito global da companhia de positiva para estável, e manteve o nível de risco (rating) da dívida corporativa em “BB-“.

Ontem a agência revisou a perspectiva de nota de crédito global do Brasil para estável, devido ao impacto da pandemia da Covid-19, com consequente aumento dos gastos públicos extraordinários e impacto no crescimento do PIB e no desempenho fiscal do Brasil em 2020.

Como resultado, hoje, a S&P alterou de positiva para estável a perspectiva dos ratings de todas as entidades corporativas e de infraestrutura cujos níveis de risco são direta ou indiretamente limitados pelo rating soberano, incluindo companhias controladas pelo governo, como a Petrobras.

A terceira notícia é que, diante da atual situação decorrente da pandemia do novo coronavírus e das restrições impostas ou recomendadas, o conselho de administração da companhia aprovou o cancelamento da Assembleia Geral Ordinária (AGO) anteriormente convocada para o dia 27/04/2020.

A Petrobras explicou que a nova data da AGO será definida “oportunamente”.

Deixe um comentário