Fiat Chrysler está negociando uma linha de crédito de até 6,3 bilhões de euros

LinkedIn

A Fiat Chrysler (FCAU) está em negociações para estabelecer uma linha de crédito de US$ 6,8 bilhões, que será garantida pelo governo italiano. A montadora está tentando reforçar suas finanças ao lidar com o impacto do surto de coronavírus, bem como prosseguir com sua fusão planejada com o PSA Groupe, controladora da Peugeot.

A linha de crédito com prazo de três anos está sendo feita com o banco italiano Intesa Sanpaolo, com o Ministério das Finanças da Itália e com a Sace, a agência de crédito a exportação italiana, que iria fornecer as garantias. O crédito poderá ser usada para financiar as operações da Fiat Chrysler na Itália, onde a empresa possui 55 mil empregados e 16 fábricas.

Como suas concorrentes, a Fiat Chrysler está procurando assegurar acesso a linhas de crédito para contornar a queda de receita provocada pela pandemia. Ao mesmo tempo, a Fiat está tentando completar a fusão com o grupo PSA, que criaria um dos maiores fabricantes de automóveis do mundo. As duas empresas anunciaram na semana passada que cancelaram o pagamento de dividendo de 1,1 bilhão de euros relativo aos resultados de 2019.

Deixe um comentário