IPCA Abril: Primeira deflação já registrada no mês, diz IBGE

LinkedIn

O IPCA, sob impacto da pandemia de covid-19, passou a cair 0,31% em abril ante variação positiva de 0,07% no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (08). É a primeira deflação já registrada no mês.

Trata-se da maior queda de preços desde agosto de 1998 (-0,51%) e a segunda maior da série histórica do índice, iniciado em 1979. Considerados apenas meses de abril, trata-se da maior queda desde 1980, primeiro ano com dados para o mês.

No acumulado de 12 meses até março, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo teve alta de 2,40%, de 3,30% antes. Pesquisa apontou que a expectativa de analistas era de recuo de 0,20% em abril, acumulando em 12 meses avanço de 2,49%. O intervalo das projeções ia de -0,47% a -0,13%.

Desta forma, a inflação está abaixo do piso da mesa de inflação para este ano, de 2,50% — o centro da meta é de 4%, com margem de 1,5 ponto percentual.

Nos quatro primeiros meses do ano, a inflação oficial acumulada alta de apenas 0,22%.

O IPCA mede a inflação para as famílias com rendimentos mensais entre um e 40 salários mínimos, que vivem em dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Brasília, Rio Branco, São Luiz e Aracaju.

Deixe um comentário