Japão suspende estado de emergência na região de Osaka, mas mantém em Tóquio

LinkedIn

O Japão suspendeu o estado de emergência de sua segunda maior região urbana, em torno de Osaka, mas manteve a restrição em vigor na área de Tóquio, onde as novas infecções por coronavírus estão mais altas, embora em tendência de queda.

O primeiro-ministro Shinzo Abe disse que convocará um painel de especialistas médicos na segunda-feira para considerar se deve encerrar o decreto nas últimas áreas restantes.

No momento, Tóquio e quatro outras regiões, incluindo a ilha de Hokkaido, no norte, permanecerão sujeitos a restrições. Porém, Abe ainda sinalizou que também pode suspendê-las já na próxima semana em Tóquio se as novas infecções pelo coronavírus continuarem em queda.

“Se a situação atual continuar, é possível que o estado de emergência seja suspenso nestas áreas.”

Segundo ele, o número de infecções nas regiões ainda em estado de emergência “diminui constantemente” e a situação do sistema hospitalar apresenta melhora.

Até agora, o país registrou mais de 16,4 mil casos de coronavírus e 780 mortes.

 

Deixe um comentário