Copel reduz R$234,5 milhões em investimentos em meio a impactos da pandemia

LinkedIn

A estatal paranaense Copel (BOV:CPLE6) informou que sua subsidiária de geração e transmissão de energia reduzirá em 234,5 milhões de reais os investimentos originalmente previstos para 2020, em meio a impactos da pandemia de coronavírus.

O conselho da companhia aprovou o corte no orçamento da Copel G&T em reunião nesta sexta-feira, disse a elétrica em comunicado ao mercado.

Com isso, os aportes da Copel G&T estão agora estimados em 630,7 milhões de reais em 2020, de 865,2 milhões anteriormente, disse a empresa.

“A redução é decorrente da revisão do cronograma de obras em razão dos efeitos da pandemia de Covid-19 e iniciativas de remanejamento de aportes e renegociação de contratos”, explicou a Copel.

Mercado fio reduz 5,9% no 2T20

O mercado fio da Copel teve uma redução de 5,9% no segundo trimestre de 2020, ficando em 7.088 GWh. No mesmo trimestre do ano passado, o número era de 7.533 GWh. De acordo com a empresa paranaense, a queda veio devido à redução da atividade econômica em várias áreas em função dos efeitos da pandemia de covid-19, com um impacto negativo de 6,7% no consumo do  mercado livre no período. Esse recuo foi parcialmente compensado pelo aumento de 5,2% do consumo da classe residencial e 3,3% da classe rural. O marcado fio é formado pelo mercado cativo, pelo suprimento a concessionárias e permissionárias dentro do Paraná e pela totalidade dos consumidores livres na área de concessão.

A empresa divulga os resultados do 2T20 no dia 13/08/2020.

Deixe um comentário