Hidrovias do Brasil levanta 3,4 bilhões em oferta pública inicial de ações

LinkedIn

Acionistas da Hidrovias do Brasil levantaram 3,4 bilhões de reais em uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), de acordo com dados disponíveis na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A empresa de logística precificou suas ações a 7,56 reais cada, no piso de sua faixa estimada de preço.

As ações serão negociadas sob o ticker ‘HBSA3’ e começarão a ser negociadas na B3 na próxima sexta-feira (25). Os papéis serão listados no segmento do Novo Mercado, o mais alto nível de governança da bolsa brasileira.

A Hidrovias do Brasil atua no ramo de atividades de logística e infraestrutura hidroviária, rodoviária e multimodal, no Brasil e no exterior, com transporte e armazenamento de mercadorias, a construção e a exploração de portos, terminais de carga, estaleiros, oficinas e entrepostos.

A oferta foi de caráter secundário, com a venda de papéis de propriedade dos atuais acionistas, com o fundo Pátria e a BNDESPar entre os vendedores. Segundo fontes, a demanda foi duas vezes maior que a oferta.

Os acionistas da Hidrovias do Brasil incluem fundos de private equity administrados pelo Patria Investimentos, o BNDES e a International Finance Corporation do Banco Mundial.

Os bancos de investimento Bank of America, Itaú BBA, Santander Brasil, Morgan Stanley, BTG Pactual, Citi e Credit Suisse são os coordenadores da oferta.

Deixe um comentário