AGEPAR aprovou reajuste tarifário anual de 5,11%, diz Sanepar

LinkedIn

O reajuste da tarifa de água e esgoto da Sanepar, suspenso desde setembro, foi redefinido em 5,11% na terça-feira (29) pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar). A cobrança começará a partir de 5 de fevereiro de 2021.

O Fato Relevante foi divulgado pela empresa (BOV:SAPR3) (BOV:SAPR4) (BOV:SAPR11) nesta quarta-feira (30). Confira o comunicado na íntegra!

O reajuste homologado pela agência no fim de agosto deste ano era de 9,62%, sendo que a aplicação do índice começaria em outubro. Porém, o Governo do Paraná – que controla a Sanepar – entrou com pedido para suspender o aumento, que foi aprovado em setembro.

A Agepar também definiu que a Consulta Pública nº 01/2021 referente à primeira fase da Segunda Revisão Tarifária Periódica (2ª RTP) se iniciará no dia no 04 de janeiro de 2021. Os resultados dos estudos preliminares elaborados pela Agepar apontam para a tarifa básica preliminar, a vigorar no próximo ciclo, no valor de R$ 5,3031/m³. O valor representa uma redução de -2,5882% em relação à tarifa que passará a vigorar em 05 de fevereiro de 2021. Nossa expectativa de tarifa em nossas estimativas era de R$5,3679/m³, ou uma elevação de +2,58%;

VISÃO DO MERCADO

O Credit Suisse avaliou a tarifa de 5,11% como negativa. O banco ressalta que o ajuste fica abaixo dos 9% requisitados, e está atrasado.

Segundo a XP Investimentos, tanto o anúncio do reajuste tarifário de 2020 como o cálculo preliminar dos revisão tarifária de 2021 da Sanepar são negativos. Em primeiro lugar, a remoção do componente de diferimento da revisão tarifária de 2017 e a alteração do indexador de IGP-M para IPCA são sinais negativos de intervenção nas tarifas. “Em segundo lugar, ainda que não seja possível saber os motivos dos resultados da revisão tarifária estarem abaixo das nossas estimativas, o fato dos números estarem abaixo do que esperávamos nos inspira cautela. Temos recomendação de compra nas ações da Sanepar, mas esperamos reação negativa das ações no pregão de hoje”, destacaram os analistas antes da abertura do mercado.

Lucro líquido de R$ 164,5 milhões, queda de 33% com receita menor

Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) encerrou o terceiro trimestre de 2020 com um lucro líquido de R$ 164,58 milhões, uma queda de 33% em relação aos R$ 243,64 milhões do mesmo período de 2019. O resultado teve impacto da combinação de queda de receita e alta de 10% nos custos e despesas operacionais.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – caiu 19%, para R$ 392,2 milhões, com a margem recuando de 41% para 33,6%.

Deixe um comentário