Arezzo: CADE aprova a aquisição da Troc

LinkedIn

A Arezzo informou que o CADE aprovou e publicou no diário oficial a operação por meio do qual a ZZAB, sociedade controlada pela Companhia, adquire participação societária na TROC, conforme acordada pelas partes nos termos do Contrato de Compra e Venda, Subscrição de Ações e Outras Avenças, celebrado em 19 de novembro de 2020.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ARZZ3) nesta quinta-feira (24). Confira o documento na íntegra.

Com a consumação da Operação, a ZZAB e outras sociedades controladas da Companhia passarão a deter aproximadamente 75% do capital social total e votante da TROC.

Nos termos da legislação aplicável, a decisão do CADE transitará em julgado em 15 dias a contar da publicação.

“Ressalta-se que, além do trânsito em julgado da decisão do CADE, a efetivação da Operação também está condicionada à verificação de outras determinadas condições precedentes, nos termos estabelecidos no Contrato” diz a empresa no comunicado.

A Troc possui atualmente 250 mil clientes na sua base mas, com a compra pela Arezzo, passa a ter acesso à base da companhia, de 10 milhões de clientes.

O grupo Arezzo vai investir R$ 12 milhões nos primeiros dois anos para aumentar o time de funcionários e encorpar a área de desenvolvimento tecnológico. “A Troc tem fila de espera de pessoas querendo vender na plataforma, mas há um gargalo”, diz Aline Penna, que comandou as negociações. “A empresa tem potencial para crescer a uma média de 150% ao ano nos próximos três anos.”

Lucro líquido de R$ 27,9 milhões

Arezzo divulgou lucro líquido de R$ 27,9 milhões no terceiro trimestre de 2020, queda de 21,3% em relação ao mesmo intervalo de 2019. O resultado financeiro do intervalo entre julho e setembro ficou negativo em R$ 6,8 milhões, aumento de 76% em relação aos R$ 3,882 milhões também negativos do terceiro trimestre de 2019.

Deixe um comentário