Acionistas do Grupo Pão de Açúcar e Sendas aprovaram a proposta de reorganização societária

LinkedIn

Acionistas do Grupo Pão de Açúcar e Sendas aprovaram a proposta de reorganização societária em assembleias realizadas no dia 31 de dezembro.

O Fato Relevante foi divulgado pelo GPA (BOV:PCAR3) nesta quinta-feira (31). Confira o comunicado na Íntegra!

A proposta aprovada envolve cisão parcial da Sendas com objetivo de segregar a participação da subsidiária em Almacenes Éxito e transferir certos ativos operacionais, com a incorporação do acervo cindido pelo GPA e Cisão parcial do GPA, visando segregar a totalidade da participação acionária que o grupo detém na Sendas, com a entrega das ações da Sendas de propriedade do GPA aos acionistas do grupo, na razão de 1 ação da Sendas para cada ação do GPA.

A Assembleia Geral Extraordinária do GPA contou com a participação de acionistas representando 64,40% do capital social votante, tendo a Cisão Sendas e a Cisão CBD sido aprovadas por 99,99% dos acionistas que participaram na assembleia geral extraordinária.

Conforme informado anteriormente ao mercado, a Sendas, que obteve o registro de companhia aberta categoria “A” perante a CVM em 11 de dezembro de 2020, apresentou pedido de listagem de suas ações no Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão e irá apresentar um pedido para que seus American Depositary Securities (“ADSs”) sejam listados na New York Stock Exchange (em conjunto, as “Listagens”).

A distribuição das ações e ADSs de Sendas aos acionistas e detentores de ADSs do GPA em decorrência da Cisão CBD ocorrerá após a aprovação das Listagens, conforme data de corte e procedimentos a serem acordados com a B3 e com a New York Stock Exchange. GPA e Sendas esperam que a referida distribuição ocorra antes do final do primeiro trimestre de 2021.

As ações e ADSs do GPA continuarão a ser negociadas com direito ao recebimento das ações de Sendas até a data de corte, a ser futuramente informada aos acionistas e ao mercado em geral.

Ainda, na assembleia geral extraordinária de Sendas, foram eleitos os Srs. Christophe José Hidalgo, Philippe Alarcon, David Lubek, Josseline Marie-José Bernadette De Clausade, José Flavio Ferreira Ramos (independente) e Geraldo Luciano Mattos Júnior (independente) para, juntamente com os Srs. Jean-Charles Henri Naouri, Ronaldo Iabrudi dos Santos Pereira e Luiz Nelson Guedes de Carvalho (independente), comporem o Conselho de Administração de Sendas.

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) possui valor de mercado de R$ 17,5 bilhões. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Lucro de R$ 386 milhões no 3T20

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) reportou um lucro líquido dos acionistas controladores de R$ 386 milhões – alta de 151% em relação aos R$ 153 milhões do terceiro trimestre de 2019. O mercado projetava a cifra a R$ 253 milhões.

A receita de vendas da companhia somou R$ 21,3 bilhões, alta de 57,5% ante os R$ 13,52 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. O montante reúne as operações do GPA Brasil Alimentar e do Grupo Éxito, adquirido pelo GPA no ano passado. As operações brasileiras registraram alta de 18% na receita líquida, para R$ 15,9 bilhões, enquanto o colombiano Éxito teve receita líquida de R$ 5,32 bilhões.

Deixe um comentário