Índice IFO da Alemanha recua para 90,1 em janeiro

LinkedIn

O índice IFO de sentimento das empresas na Alemanha caiu de 92,2 em dezembro para 90,1 em janeiro, informou o instituto nesta segunda-feira.

Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam recuo menor, a 91,9. O IFO nota que a avaliação das empresas sobre o quadro é pior do que no mês passado, com mais pessimismo sobre as expectativas.

“A segunda onda da covid-19 paralisou a recuperação da economia alemã por enquanto”, destaca o IFO em comunicado no seu site.

Na pesquisa sobre as condições atuais para as empresas do país, o índice recuou de 91,3 em dezembro a 89,2 em janeiro. Já o índice de expectativas caiu de 93,0 em dezembro a 91,1 em janeiro.

(Com informações da Dow Jones Newswires).

 

Deixe um comentário