JBS, após recomendação do Conselho, aprova procedimento arbitral contra J&F e os irmãos Batista

LinkedIn

O Conselho de Administração da JBS aprovou, por unanimidade, aceitar a recomendação do Comitê Independente relativo ao ingresso de ação de responsabilidade, pela companhia, contra a J&F, Wesley Batista, Joesley Batista, Florisvaldo Caetano de Oliveira e Francisco de Assis e Silva.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:JBSS3), nesta terça-feira.

Os membros do Comitê Independente decidiram recomendar aos membros do Conselho de Administração que, a despeito dos riscos potencialmente envolvidos, seja instaurado procedimento arbitral pela JBS perante a Câmara de Arbitragem do Mercado da B3 em face dos citados.

A recomendação dá cumprimento à deliberação realizada na AGE em 30 de outubro último.

Lucro líquido de R$ 3,1 bilhões, maior faturamento trimestral da história

JBS reportou o maior faturamento trimestral da história, com lucro líquido de R$ 3,1 bilhões, quase nove vezes o resultado do trimestre de 2019, quando a empresa divulgou R$ 356 milhões.

A JBS afirmou que a divisão brasileira de alimentos processados Seara viu o Ebitda ajustado subir 55,4%, enquanto as operações com carne suína e de frango nos Estados Unidos registraram saltos de 64,7% e 48,9%, respectivamente, apoiadas na desvalorização do real ante o dólar.

Deixe um comentário