Bovespa: Índice de ações do setor industrial fecha em baixa de -1,91% nesta sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

LinkedIn

SÃO PAULO, 26 de fevereiro de 2021 (ADVNEWS) – O Índice do Setor Industrial da BM&FBovespa fechou o pregão desta sexta-feira cotado em 23.641,68 pontos – uma desvalorização de -1,88% em relação ao pregão anterior.

Fruto de um convênio entre a Federação das Industrias do Estado de São Paulo (FIESP) e a BM&FBovespa, o INDX (Índice do Setor Industrial) foi desenvolvido com o objetivo de aferir a performance das ações mais representativas do setor industrial, importante segmento da economia brasileira.

Ao longo do dia, a cotação do índice oscilou moderadamente, registrando uma diferença de 779,66 pontos entre os valores mínimo (23.641,68) e máximo (24.421,34) obtidos pelo indicador.

No total, 39.411 negócios envolvendo as ações que compõem a carteira de ativos do Índice do Setor Industrial foram realizados durante o pregão, movimentando mais de 168.744.300 ações.

Com a desvalorização de hoje, o INDX acumula uma alta de +9,24% nos últimos doze meses. No ano, o índice acumula uma alta de +1,08%.

Desempenho das principais ações componentes do Índice INDX no pregão de 26 de fevereiro de 2021

Um total de 37.469 negócios foram realizados envolvendo as ações preferenciais e ordinárias da AMBEV – maior empresa da américa latina e uma das maiores fabricantes de cerveja do mundo. Esses negócios envolveram a transação de 33.969.400 ações da empresa e a movimentação de R$ 480.225.407,80

* As ações ordinárias da AMBEV fecharam cotadas em R$ 14,05 uma baixa de desvalorização de -0,85%.

Um total 30.534 negócios foram realizados envolvendo as ações ordinárias da Embraer S/A – uma das maiores fabricantes de aviões do mundo. Esses negócios envolveram a transação de 17.922.400 ações da empresa e a movimentação de R$ 216.986.496,80

* As ações ordinárias da Embraer fecharam cotadas em R$ 12,25 – uma baixa de desvalorização de -0,16%.

Um total de 47.196 negócios foram realizados envolvendo as ações ordinárias da Natura Cosméticos S/A – empresa líder do mercado brasileiro de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal. Esses negócios envolveram a transação de 11.625.500 ações da empresa e a movimentação de R$ 542.259.822,00

* As ações ordinárias da Natura fecharam cotadas em R$ 46,18 – uma baixa de desvalorização de -3,51%.

Principais destaques positivos e negativos do Mercado Bovespa no pregão de 26 de fevereiro de 2021

Dentre todos os ativos negociados no mercado de ações da Bovespa, 20,19% (84) fecharam o pregão desta sexta-feira operando em alta. As maiores altas registradas no fechamento do pregão foram:

1) Valorização de +362,50% da ação ordinária FII RBR PROPCI
2) Valorização de +14,30% da ação preferencial CELPE PNA
3) Valorização de +8,11% da ação preferencial BRASKEM PNB

Veja o ranking completo das maiores altas do Mercado Bovespa.

Dentre todos os ativos negociados no mercado de ações da Bovespa, 78,85% (328) fecharam o pregão desta sexta-feira operando em baixa. As maiores baixas registradas no fechamento do pregão foram:

1) Desvalorização de -17,01% da ação ordinária IGB S/A ON
2) Desvalorização de -16,82% da ação ordinária SARAIVA LIVR ON
3) Desvalorização de -16,38% da ação ordinária CEG ON

Veja o ranking completo das maiores baixas do Mercado Bovespa.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário