Engie Brasil concede exclusividade de 120 dias para a Fram Capital na venda do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda em SC

LinkedIn

A Engie Brasil Energia assinou com a Fram Capital um acordo de exclusividade pelo período de 120 dias para a venda do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, localizado em Capivari de Baixo, no Sul de Santa Catarina, cuja capacidade instalada é de 857 MW por ano.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:EGIE3), nesta quinta-feira (25). Confira o comunicado na íntegra. 

Desde 2017, a Engie busca alternativas para os ativos de geração a carvão no Brasil. Foram analisadas algumas propostas durante esse período, mas não se chegou a um ponto de equilíbrio na negociação entre a alocação de riscos e as condições de venda.

A empresa então decidiu aprofundar as discussões relacionadas ao futuro do CTJL em conjunto com grupos de trabalho multisetoriais com a participação de diferentes esferas do governo, associações de classe e representantes da sociedade civil. Atualmente estão em detalhamento as alternativas de venda e descomissionamento faseado do ativo.

“A potencial venda do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda está em linha com a estratégia de descarbonização da Engie em todo o mundo. A companhia está centrada em seu propósito de acelerar a transição para uma economia neutra em carbono, direcionando as suas atividades para geração de energia renovável, gás natural e infraestrutura”, declarou Eduardo Sattamini, Diretor-Presidente da Companhia.

Os resultados da Engie (BOV:EGIE3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Lucro líquido de R$ 2,797 bilhões em 2020, alta de 21%, somando R$ 1 bilhão apenas no 4T20

 ENGIE Brasil teve lucro líquido de R$ 2,8 bilhões, alta de 21%, Ebitda de R$ 6,48 bilhões, alta de 25,7% e receita líquida de R$ 12,26 bilhões, alta de 25%.

De acordo com o presidente da EBE, Eduardo Sattamini, a solução da repactuação do risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e a incorporação da Transportadora Associada de Gás (TAG) ajudaram os resultados num ano que foi impactado pela crise causada pela pandemia de covid-19.

“O resultado da TAG foi melhor do que esperávamos em 2020, em função da baixa taxa de juros”, afirmou o executivo.

Ao todo, a TAG contribuiu com R$ 420 milhões no lucro líquido total do grupo ao longo do ano. Já a repactuação da questão do risco hidrológico teve um impacto de R$ 967,7 milhões nos resultados do grupo.

4T20

A Engie Brasil Energia registrou lucro líquido de R$ 1,029 bilhão de reais no quarto trimestre de 2020, alta de 66,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado supera com folga a projeção de analistas consultados pela Refinitiv.

O Ebitda avançou 73,7% no último trimestre de 2020, para R$ 2,28 bilhões. O desempenho foi superior à previsão de analistas, de R$ 1,33 bilhão. A receita operacional líquida avançou 34,9% no período, para R$ 3,77 bilhões, enquanto a dívida líquida subiu 15,6%, para R$ 11,78 bilhões.

Somente no quarto trimestre do ano o lucro da companhia somou R$ 1 bilhão, alta de 66,7% na comparação com os últimos três meses de 2019. Já a receita entre outubro e dezembro somou R$ 3,76 bilhões, alta de 34,9% na comparação anual.

 

Deixe um comentário