Log-in: subsidiária austríaca conclui acordo com Klaveness para a compra de embarcação porta-contêiner, por US$ 20 milhões

LinkedIn

A Log-In informou que sua subsidiária integral, a Log-In GmbH, sediada na Áustria, concluiu a operação de compra de uma embarcação porta-contêiner.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:LOGN3), nesta terça-feira (23). Confira o comunicado na íntegra.

“A embarcação foi adquirida da Klaveness Container AS e o valor da transação foi US$ 20,0 milhões”, disse a empresa. Ele possui 536 tomadas para transporte de contêineres refrigerados (Reefers), comprimento total de 208,90 metros e boca de 29,80 mestro.

O navio tem capacidade nominal de 2.550 TEUs (Twenty-foot Equivalent Unit) e receberá o nome de “Log-In Discovery”.

A construção foi erguida no estaleiro chinês Jiangsu Yangzijiang Shipbuilding.

“O navio foi selecionado por possuir características relevantes para a composição da frota da Log-In e suas operações”, seguiu a empresa, em seu comunicado ao mercado. “É um projeto moderno de construção, com equipamentos de última geração, consumo eficiente, gerando menor emissão de poluentes e maior economia de bunker (combustível do navio), além de já possuir instalado um sistema de tratamento de água de lastro (ballast water)”.

A Log-in pretende divulgar os resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020 no dia 09 de março. 

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020

Lucro líquido é de R$ 9 milhões, nos resultados 3T20.

A companhia logística Log-in divulgou um lucro líquido de R$ 9,05 milhões no terceiro trimestre de 2020, revertendo um prejuízo líquido de R$ 17,1 milhões do mesmo período de 2019. Entretanto, no acumulado dos nove meses deste ano, o prejuízo é de R$ 120,3 milhões, contra uma perda de R$ 2,2 milhões do ano passado. No segundo trimestre de 2020, houve prejuízo de R$ 14,8 milhões.

Deixe um comentário