Manufatura francesa subiu para 51,6 em janeiro, maior nível desde julho 2020

LinkedIn

A manufatura francesa ganhou ímpeto em janeiro pelo ritmo mais rápido em seis meses, à medida que a demanda dos clientes se firmava e apesar das crescentes perspectivas de um novo bloqueio por coronavírus, revelou uma pesquisa mensal nesta segunda-feira.

O compilador de dados IHS Markit disse que seu índice final de gerentes de compras subiu para 51,6 em janeiro de 51,1 em dezembro, atingindo o nível mais alto desde julho de 2020.

O resultado também foi ligeiramente melhor do que uma leitura preliminar de 51,5 e trouxe o índice para longe da linha de 50 pontos que divide expansões na atividade de contrações.

A atividade manufatureira aumentou desde novembro, quando a França estava sob seu segundo bloqueio por coronavírus, que atingiu o setor de serviços maior com mais força porque muitos restaurantes, lojas de varejo não essenciais e hotéis foram forçados a fechar enquanto as fábricas permaneceram operacionais.

Depois que as restrições foram atenuadas em dezembro, a França ficou em suspense durante grande parte de janeiro, com as especulações de que um novo terceiro bloqueio seria imposto.

Veja também: 
Vendas no varejo da Alemanha sofrem queda de 9,6% em dezembro
PMI industrial do Reino Unido caiu para 54,1 em janeiro

Índice de Gerentes de Compras da indústria chinesa desacelerou para 51,5 em janeiro
Taxa de desemprego da zona do euro fica estável em 8,3% em dezembro
Índice de gerentes de compras industrial da zona do euro caiu para 54,8 em janeiro

 (Com informações da Reuters)

Deixe um comentário