BNDES aprova R$ 304,4 milhões para plano de investimentos da Tramontina

LinkedIn

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou R$ 304,4 milhões num conjunto de empréstimos para o plano de investimentos da fabricante de utensílios de cozinha Tramontina em máquinas e equipamentos, anunciou a instituição de fomento nesta segunda-feira, 8. Os empréstimos “podem ser utilizados para aquisição de máquinas e equipamentos novos de fabricação nacional ou para a compra de materiais industrializados”, informou o BNDES.

Os anúncios de empréstimos do banco de fomento para a indústria de transformação se tornaram raridade nos últimos anos, na esteira do processo de encolhimento do BNDES. Desembolsando menos, desde 2016, o banco de fomento vem focando em projetos de infraestrutura e nos financiamentos para pequenas empresas. A indústria veio perdendo participação no total de desembolsos para financiamentos.

Os empréstimos aprovados pertencem à linha Finame Direto, quando as operações do tradicional programa de crédito para investimentos em máquinas e equipamentos são contratadas diretamente pelo BNDES – e não via bancos comerciais repassadores.

Na prática, a aprovação oferece à Tramontina um limite de crédito para “a compra de máquinas e equipamentos novos de cerca de 8 mil empresas nacionais diferentes”, fornecedores cadastrados na Finame. O limite de crédito tem validade de dois anos, prorrogável por mais um.

Dentro desse limite, o BNDES contrata vários empréstimos. Taxas de juros e prazos variam conforme o equipamento a ser adquirido. O prazo de pagamento pode chegar a 16 anos, com carência entre três a 36 meses. Os juros são menores se o empréstimo for destinado para a aquisição de maquinário de baixa emissão de carbono ou com tecnologia 4.0, que tragam serviços de manufatura avançada e de internet das coisas.

(Informações Estadão)

Deixe um comentário