Boeing se recupera sob encomendas da Southwest; Dois traders avaliam o que vem por aí para a (BA, BOEI34)

LinkedIn

As ações da Boeing (NYSE:BA) estão decolando.

As ações da empresa subiram mais de 2% na segunda-feira, somando-se a um ganho de 120% desde as baixas de maio de 2020. O impulso desta semana foi impulsionado pelo anúncio da Southwest Airlines (NYSE:LUV) de 100 pedidos firmes para o jato 737 Max 7 da Boeing, com a opção de encomendar mais 155 aeronaves. Esta é a maior compra do modelo desde o seu encalhe mundial de 20 meses.

Gina Sanchez, CEO da Chantico Global e estrategista-chefe de mercado da Lido Advisors, observou na segunda-feira que a Southwest (BOV:S1OU34) já é um dos maiores clientes da Boeing. “Portanto, o fato de eles escolherem encomendar os aviões Boeing em vez de ir para a Airbus é um pouco como descobrir que seu namorado decidiu não se livrar de você”, disse ela.

Ainda assim, ela vê um potencial adicional para a Boeing.

“É uma verdadeira reiteração de que eles se sentem seguros com isso, e a Boeing também retomou as entregas do 787, que é o avião maior. Ambos os elementos são boas notícias para as ações da Boeing e, francamente, são boas notícias para a indústria de viagens”, disse Sanchez.

Ari Wald, chefe de análise técnica da Oppenheimer, também vê mais crescimento para a ação.

“Tecnicamente, os gráficos são otimistas. Recomendamos comprar a ação. Achamos que pode ser negociado em alta, desde que esteja acima de US$ 230”, disse Wald durante o mesmo segmento.

A Boeing fechou segunda-feira a US$ 250,52. Wald observou que a Boeing tem crescido gradualmente desde sua baixa de março de 2020 e atingiu US$ 230 várias vezes, finalmente estourando este mês.

CapturadeTela2021-03-30às12.07.33Gráfico de 2 anos (diário) da BA – br.advfn.com
“Mais recentemente, está voltando e testando esse ponto de ruptura com muita frequência. A resistência anterior torna-se suporte, e achamos que é o que está acontecendo na expectativa de um movimento de até US$ 325 ”, disse Wald. “Nós gostamos. É uma tendência de alta”.

Um movimento para US$ 325 implica uma alta de 30%. A Boeing não negocia acima desse nível desde fevereiro de 2020.

A Boeing também é negociada na B3 através da BDR (BOV:BOEI34).

As ações BOEI34 fecharam segunda-feira a R$ 268,00.

(Com CNBC)

Deixe um comentário