Capital Research Global Investors reduziu a participação que administra em ações preferenciais, correspondente a 1,96%

LinkedIn

A Capital Research Global Investors informou que reduziu a participação que administra em  ações preferenciais e American Depositary Receipts representativos de ações PN de emissão da Azul.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:AZUL4),  nesta quarta-feira (03).

Antes, a Capital Research administrava 38,866,986 ações PN da Azul, correspondentes a 11,78% dessa espécie de ação. Mas, agora, administra 31.324.374 ações PN e ADRs representativos de ações PN da companhia, que representam 9,49% dessa espécie de ação, das quais 7.542.612 ações PN e ADRs são objetos de empréstimo.

Além dessa participação, a Capital International Investors administra 6.487.877 ações PN de emissão da companhia, correspondente a 1,96%.

A Azul pretende divulgar os resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020 no dia 04 de março. 

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020

Prejuízo líquido de R$ 1,23 bilhões

Azul divulgou o terceiro trimestre com prejuízo líquido de R$ 1,23 bilhão, ante um prejuízo de R$ 550,5 milhões no mesmo intervalo de 2019. O prejuízo líquido ajustado, que exclui eventos não recorrentes, ganhos e perdas com marcação a mercado e variação cambial, foi de R$ 1,22 bilhão, ante um lucro de R$ 145 milhões um ano antes.

A receita líquida da companhia teve queda de 73% no terceiro trimestre comparada com o mesmo intervalo de 2019, totalizando R$ 805,3 milhões. A receita com transporte de passageiros teve queda de 78,4%, para R$ 624,5 milhões. A receita com transporte de cargas, por sua vez, cresceu 26,6% no período, para R$ 180,8 milhões.

Deixe um comentário