CEO da Visa anuncia planos para permitir compra de bitcoin utilizando seus cartões de crédito

LinkedIn

O CEO da Visa (NYSE:V), Al Kelly, relevou no podcast “Fortune’s Leadership Next”, que pretende lançar serviços de compra de bitcoin (BTC), utilizando seus cartões de crédito. Além de anunciar uma possível carteira de criptomoedas.

Durante o podcast, o CEO explicou as intenções da Visa em duas partes. Primeiro, seria trabalhar com carteiras de bitcoin para permitir que os usuários comprem bitcoin com credenciais Visa.

Segundo lugar, a empresa pretende habilitar recurso de conversão de bitcoin em moedas fiduciárias. Suportando pagamentos de bitcoin em mais de 70 milhões de comerciantes.

“As criptomoedas têm demonstrado grande potencial para se tornarem novos meios de pagamento”, de acordo com Kelly. Principalmente para mercados emergentes.

Portanto, o CEO acrescentou que a empresa está trabalhando na integração de stablecoins em sua plataforma. A Visa já trabalha com 35 parceiros para implementar algumas criptomoedas para pagamento.

A gigante empresa de cartões de crédito também permite o pagamento com criptomoedas através de conversões automáticas para moedas fiduciárias. Entretanto, o bitcoin seria o primeiro ativo digital especulativo que a Visa integrará para compras e transações.

Contudo, não só para o CEO, mas também para muitos analistas, o bitcoin seria o novo ouro digital. A principal criptomoeda do mercado ultrapassou o valor do ouro de US$55.797. Enquanto o bitcoin está valendo na quinta feira ás 12h22 (horário de Brasília), US$58.250.

A Visa também é negociada na B3 através da BDR (BOV:VISA34).

Visa não é a primeira

A declaração de Kelly veio após a Mastercard anunciar seus planos para aceitar criptomoedas em seus serviços de pagamentos durante 2021. A grande rival da Visa anunciou que apenas algumas criptomoedas vão ser integradas no início.

Por fim, a proposta da Mastercard pretende oferecer um serviço de pagamento direto com criptomoedas, sem intermediário e sem conversões. Diferente da Visa, que pretender converter as moedas digitais para moedas fiduciárias.

Por Miriam Romão

Deixe um comentário