Log Commercial aprova oferta restrita de 16 milhões de ações e debêntures no valor de R$ 250 milhões

LinkedIn

O Conselho de Administração da Log Commercial Properties aprovou neste domingo (21) a realização de oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, dezesseis milhões de ações ordinárias.

O Fato Relevante foi divulgado pela empresa (BOV:LOGG3) nesta segunda-feira (22). Confira o comunicado na íntegra!

A oferta terá coordenação liderada pelo Banco BTG Pactual e também dos bancos Bradesco BBI, Itaú BBA e Bank of America.

A quantidade de Ações inicialmente ofertada, poderá, a critério da Companhia, em comum acordo com os Coordenadores da Oferta, até a data de conclusão do Procedimento de Bookbuilding ser acrescida em até 35% do total de Ações inicialmente ofertado, ou seja, em até 5.600.000 ações ordinárias de emissão da Companhia.

Com base no preço de fechamento de sexta-feira (R$ 31,34), o montante total seria de R$ 501,4 milhões, podendo chegar a R$ 676,9 milhões considerando o acréscimo de 35%.

Debêntures no valor de R$ 250 milhões

A Log Commercial também aprovou a 18 ª emissão de debêntures em série única, no valor de R$ 250 milhões.

As debêntures terão vencimento em 60 meses contados da data de emissão.

Lucro líquido de R$ 142 milhões em 2020, com alta de 52,8%

A Log Commercial Properties reportou lucro líquido em 2020 de R$ 142 milhões, crescimento de 52,8% em relação ao resultado do ano anterior. A receita líquida cresceu 10,5%, para R$ 141,5 milhões.

4T20

No quarto trimestre, houve queda de 9,4% do lucro líquido, para R$ 36,9 milhões, apesar do crescimento de 4,8% da receita líquida, para R$ 36,4 milhões.

O Ebitda, por sua vez, somou R$ 50,4 milhões, redução de 13,9%. A receita líquida, por fim, foi de R$ 36,35 milhões, resultado 4,8% maior que o do quarto trimestre do ano anterior.

No fim de dezembro, a Log registrou sua menor inadimplência do portfólio estabilizado, de 3%.

Deixe um comentário