Bahema Educação: B3 deferiu o pedido de admissão à negociação dos Bônus de Subscrição emitidos pela Companhia

LinkedIn

Bahema Educação comunica que a B3 deferiu o pedido de admissão à negociação na B3 dos Bônus de Subscrição emitidos pela Companhia.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BAHI3), nesta terça-feira (06). Confira o documento na íntegra.

Conforme anteriormente informado, foram atribuídos, como vantagem adicional aos subscritores das debêntures emitidas no âmbito da 2ª  Emissão de Debêntures Conversíveis em Ações, da Espécie Quirografária, com Bônus de Subscrição, Emitidas em Série Única da Companhia , 1.538.462 Bônus de Subscrição, na proporção de 1 Bônus de Subscrição para cada 1 Debênture integralizada no âmbito da Emissão .

Cada Bônus de Subscrição confere ao seu titular o direito de subscrever e integralizar 1 ação ordinária de emissão da Companhia de acordo com os termos e condições aprovados pelo Conselho de Administração da Companhia em reunião realizada em 23 de outubro de 2020 e constantes da Escritura da Emissão.

Os referidos Bônus de Subscrição serão admitidos à negociação no mercado secundário da B3 a partir do dia 08 de abril de 2021 .

Cabe frisar que os Bônus de Subscrição serão entregues ao respectivo Debenturista por meio do Agente Escriturador sendo que, para negociação no mercado secundário da B3, os detentores de Bônus de Subscrição deverão solicitar a migração de seus respectivos Bônus de Subscrição para o ambiente da B3.

Os Bônus de Subscrição são títulos autônomos e desvinculados das Debêntures e, após a Data do Início das Negociações, circularão independentemente das Debêntures, não estando sujeitos a deliberações de Debenturistas, devendo permanecer válidos e em pleno vigor desde a Data de Emissão até a respectiva Data de Exercício

Deixe um comentário