BTG Pactual avalia Localiza como bem posicionada mesmo sobre efeitos da pandemia e mantém recomendação de compra

LinkedIn

O BTG Pactual elevou hoje o preço-alvo das ações da Localiza (BOV:RENT3) de R$ 70,00 para R$ 75,00, mantendo a recomendação de compra. A mudança foi feita após os analistas incorporarem em seus cálculos os resultados mais recentes da companhia e as estimativas do impacto da nova onda de casos da covid-19.

Os profissionais ainda não levam em conta o potencial negócio com a Unidas, considerando que a avaliação de autoridades concorrenciais deve demorar. A expectativa do BTG é que a decisão seja tomada entre o quarto trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022 e que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprove a transação com restrições. O impacto dessa restrição, dizem os analistas, segue sendo incerto.

Sobre os efeitos da pandemia na Localiza, a avaliação do BTG Pactual é que a empresa está bem posicionada e deve se beneficiar de uma demanda reprimida.

As atualizações sobre a combinação de negócios com a Unidas continuam sendo o principal motivo para novas altas dos papéis. Pelo lado negativo, o aumento do custo de capital do país e a escassez de veículos podem pressionar a avaliação das ações, dizem.

A Localiza pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 28 de abril.

Lucro líquido de R$ 1,05 bilhão em 2020, avanço de 25,7%

A Localiza registou lucro líquido de R$ 1,05 bilhão em 2020, avanço de 25,7% em relação a 2019. No acumulado de 2020, a empresa registrou uma receita de R$ 10,3 bilhões, 1,1% superior ao resultado de 2019.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A empresa conseguiu reduzir em R$ 492 milhões a dívida líquida em 2020, que somou R$ 6,1 bilhão em 2020.

A empresa também registrou uma taxa de utilização de 84,5% em aluguel de carros no quarto trimestre de 2020, alta em relação ao mesmo período de 2029. Já no acumulado do ano houve queda de 79,1%, em 2019, para 73,5% em 2020.

A Localiza expandiu sua rede em 15 novas agências em 2020, sendo sete lojas de seminovos. Em 2020, houve queda de 11% na receita de empresa com seminovos, em relação a 2019.

4T20

A Localiza anunciou que seu lucro líquido de outubro a dezembro somou um recorde de R$ 401,8 milhões, 75,9% a mais do que um ano antes, uma vez o aumento dos preços dos veículos a permitiu margens maiores no negócio de seminovos, além de aceleração nos negócios de locação e de gestão de frotas.

A receita líquida caiu 2,2%, para R$ 2,875 bilhões, devido a menores vendas de seminovos para atender ao pico de férias no aluguel de carros, diante da menor disponibilidade de carros novos. Porém, isso foi compensando pelo aumento de 15,7% no preço médio de venda.

Deixe um comentário