Dólar fecha em alta de 0,78% após declarações de Bolsonaro

LinkedIn

O dólar comercial encerra nesta quarta-feira em alta de 0,78% sendo cotado a R$ 5,643 para venda e a R$ 5,643 para compra, o dólar valorizou 0,289% no mês, depois de registrando ontem uma mínima de duas semanas.

Na reta final dos negócios, causou tensão no mercado doméstico a mais nova ofensiva do presidente Jair Bolsonaro sobre a política de preços da Petrobras, interpretada como interferência política.

Queixando-se do aumento de 39% do preço do gás na gestão de Castello Branco (fritado pelo presidente e substituído por Silva e Luna), Bolsonaro disse que “podemos mudar essa política de preços na Petrobras”.

Ao mesmo tempo em que ele falava, a ata do Fed agitava os negócios em NY e disparava os yields dos Treasuries às máximas, ampliando a pressão sobre o dólar por aqui.

Na mínima, o dólar chegou a R$ 5,550, e na máxima a R$ 5,664. No futuro, o contrato para maio estava sendo negociado em alta  de 0,7% a R$ 5,6378, por volta das 17h10.

Acompanhe as altas e baixas do dólar nos últimos dias:

Data Compra Venda Variação Variação
01/04/2021 5,609 5,7153 1,54% 0,0867
05/04/2021  5,6788 5,6798 -0,621% -0,0355
06/04/2021 5,5988 5,5998 -1,409% -0,08
07/04/2021  5,6429 5,6434  0,779%  0,0436

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,63
🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,84
🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,72

Acompanhe como foi a evolução do dólar nos últimos três meses:

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações do Uol, BDM)

Deixe um comentário