Klabin destaca que construção de Puma II está seguindo projeto com início para 2ª quinzena de julho

LinkedIn

O CFO da Klabin (BOV:KLBN3) (BOV:KLBN4) (BOV:KLBN11), Marcos Ivo, destacou que a construção de Puma II está seguindo o cronograma previsto. “A primeira máquina da construção segue como planejado, com começo previsto para a segunda quinzena de julho”, apontou.

Com relação à segunda máquina de Puma II, Ivo disse que a empresa está próxima de decidir se será para produção de kraftliner ou de papel cartão. “Essa decisão já está no âmbito do conselho de administração e acreditamos que nos próximos 30 dias teremos uma resolução e levaremos a público”, destacou.

O Puma II é resultado de um estudo para expansão orgânica da empresa e abrange a construção de duas máquinas de papel, com produção de celulose na unidade na cidade de Ortigueira, no Paraná. A capacidade total das máquinas de Puma II será de 920 mil toneladas anuais de papéis Kraftliner.

Sobre outros projetos de expansão da Klabin, Ivo apontou que a empresa não deve aumentar sua capacidade de produção até o fim do ano, mantendo os níveis de volumes. “Não temos nenhuma entrada nova de capacidade nova até o fim do ano. A próxima fábrica de celulose de fibra curta entra no finzinho do ano, o que significa volumes entrando no mercado no ano que vem”, disse o executivo.

Questionado sobre a expansão de base florestal da empresa, o CFO disse que a companhia está expandindo em Santa Catarina, mas sem utilizar dinheiro próprio, trabalhando com recursos de terceiros.

“A expansão florestal já está ocorrendo para que tenhamos opções de crescimento após a conclusão de Puma II”, concluiu o executivo. “Essa expansão em Santa Catarina não conversa com o abastecimento do Puma II, que está no Paraná, e lá há floresta para que possamos fazer esse abastecimento.”

Informações Broadcast

Prejuízo líquido de R$ 2,3 bilhões em 2020

Em 2020, a Klabin registrou prejuízo de R$ 2,389 bilhões revertendo lucro de R$ 715 milhões no ano anterior. Em todo o ano de 2020 o Ebitda atingiu R$ 4,906 bilhões, ante R$ 4,322 bilhões em 2019, uma alta de 14%.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A receita líquida da companhia no ano de 2020 foi de R$ 11,949 bilhões, avanço de 16%. O retorno sobre o capital investido (Roic) em 12 meses, de 15,7%, foi o maior em uma década.

Deixe um comentário