Qualicorp compra carteiras com 10 mil clientes de Unimeds no segmento coletivo em RN e RJ

LinkedIn

A Qualicorp, administradora de planos de saúde coletivos, firmou acordo para a compra de duas carteiras de clientes no segmento de planos de saúde coletivos por adesão, somando 10 mil beneficiários. As aquisições reforçam a estratégia de regionalização, fortalecimento do relacionamento da Quali com as Unimeds e a ampliação de acordos com parceiros locais em diversos estados do País.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:QUAL3), nesta terça-feira (06). Confira o documento na íntegra.

O primeiro contrato envolve as carteiras de planos privados de assistência à saúde com cerca de 7,9 mil vidas, no segmento coletivo por adesão e no segmento de pequenas e médias empresas (PME), da administradora de benefícios Gestão Adm, localizada em Natal (RN). A carteira é atendida pela Unimed Natal.

O segundo acordo engloba a carteira de planos de saúde com cerca de 2,3 mil vidas, todas no segmento de adesão, da ACIAP (Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços de Barra Mansa). Neste caso, a carteira tem atendimento realizado pela Unimed Barra Mansa (RJ).

As transações, que envolvem apenas os direitos e obrigações das carteiras, marcam o início da parceria da Quali com a Unimed Natal e Unimed Barra Mansa. “As aquisições reforçam nossa estratégia de crescimento por meio de parcerias locais, observando as oportunidades em todas as regiões do País, inclusive com o fortalecimento do relacionamento da Quali com a diversas operadores do sistema Unimed”, destaca Elton Carluci, vice-presidente Comercial, de Inovação e Novos Negócios da Quali.

A Qualicorp segue atenta às oportunidades para ampliar seu portfólio de produtos, operadoras e ofertar opções mais acessíveis de planos de saúde à população. “Permanecemos atentos ao mercado de forma a avaliar oportunidades que adicionem valor à Companhia, aumentem a presença da Quali em diferentes operadoras e fortaleçam nosso portfólio por meio de aquisições ou de forma orgânica, nosso principal foco de crescimento”, diz Eduardo Oliveira, diretor de fusões e aquisições (M&A) e desenvolvimento de negócios da Qualicorp.

A conclusão da compra das duas carteiras está sujeita ao cumprimento de condições usuais neste tipo de operação.

A compra das duas carteiras soma-se às 1,2 milhão de vidas que a Qualicorp possui em seu portfólio na categoria adesão médico-hospitalar. Já a Unimed Natal e a Unimed Barra Mansa passam a integrar a lista de mais de duas dezenas de Unimeds parceiras da Quali em todo o Brasil. Atualmente, a Companhia possui acordos com mais de mais de 85 operadoras de planos de saúde.
A Qualicorp pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 04 de maio.
VISÃO DO MERCADO
Guide Investimentos 
Para o analista Luis Sales, a aquisição reforça a estratégia da companhia de regionalização do seu portfolio, ampliando ainda a parceria com as Unimeds. Em todo caso, as 10 mil vidas adicionadas, representam pouco no portfolio total da companhia de 1,2 milhão de vidas.

Lucro líquido de R$ 67,6 milhões em 2020, crescimento de 5,3%

A Qualicorp, empresa de planos de saúde e de serviços de saúde, registrou lucro líquido de R$ 67,6 milhões em 2020, crescimento de 5,3% em comparação com 2019.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

No ano, a receita líquida somou R$ 2,025 bilhões, alta de 1,2% ante 2019. Já o Ebitda ajustado, caiu 26%, para R$ 938,9 milhões.

4T20

A Qualicorp divulgou lucro líquido de R$ 67,6 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 12,4% sobre o lucro líquido de R$ 104,3 milhões no segundo trimestre de 2019.

A empresa disse que a melhora na performance no comparativo entre mesmos trimestre se deve à redução de despesas não-recorrentes e melhora no resultado financeiro, ajudado ainda por menores amortizações.

“Olhando para os próximos trimestres, acreditamos no potencial de geração de valor da companhia a partir do crescimento do portfólio de vidas, sem variações relevantes em suas margens operacionais, de modo que as eficiências que vem sendo obtidas na operação sejam revertidas na aceleração dos projetos de crescimento”, afirma a administração em nota que acompanha os resultados.

Deixe um comentário