Bom dia ADVFN - Payroll nos EUA e dados do varejo no Brasil na agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  07 de Maio de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os índices futuros americanos e bolsas europeias sobem à espera de dados sobre emprego nos Estados Unidos (Payroll), que devem cobrir uma série de fortes relatórios econômicos divulgados nesta semana e surpresa positiva na balança comercial chinesa.

Na Ásia, As bolsas tiveram resultados variados entre si, também no aguardo da divulgação de relatórios de emprego que possam oferecer indicações sobre os próximos passos do Fed. O índice Nikkei, do Japão, teve queda de 0,09%; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 0,58%; o Shanghai composto fechou com queda de 0,65%; enquanto o componente Shenzhen fechou com queda de 1,95%.  O cobre disparou para uma nova máxima histórica com as expectativas de que economias em recuperação irão estimular um boom na demanda global, e o Bloomberg Commodity Spot Index saltou para seu nível mais alto desde 2011. Taiwan e Coreia do Sul lideraram ganhos modestos em ações asiáticas que elevaram o índice MSCI, principal indicador do continente. Os últimos dados comerciais da China mostraram que as exportações cresceram bem acima das expectativas e as importações tiveram o crescimento mais rápido desde 2011. As exportações chinesas saltaram 32,3% em abril, na comparação anual, muito acima da previsão (+21%), já as importações, dispararam 43,1% e também superam a estimativa dos analistas (+40,0%). Assim, a China mostrou um superávit comercial de US$ 42,85 bilhões em abril, contra previsão de US$ 28,2 bilhões. Pesou no entanto, as notícias de que o governo Biden provavelmente preservará limites aos investimentos dos EUA em certas empresas chinesas, fazendo com que o mercado chinês encerra-se no negativo, exceção no continente.

Na Europa, os mercado avançam com cautela nesta sexta, com investidores visando faturar com uma semana positiva em relação a preços de commodities. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, tem alta de 0,42%, com destaque para os setores de petróleo e gás. Na quinta-feira, a União Europeia deu apoio a discussões sobre suspender proteções de patentes sobre vacinas contra a Covid, seguindo uma proposta dos Estados Unidos que prejudicou empresas do setor farmacêutico. Dados divulgados nesta sexta pelo governo alemão indicam que as exportações da Alemanha subiram 1,2% em março, o 11º mês de expansão. A produção industrial da maior economia europeia subiu 2,5% na comparação mensal. Nesta sexta devem ser divulgadas pesquisas sobre intenções de voto em prefeituras do Reino Unido, além da eleição parlamentar na Escócia, que pode impactar a perspectiva de independência do país, que cobre um terço da ilha da Grã Bretanha.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos apresentam tendência de altas. Na quinta-feira, os Estados Unidos divulgaram 498 mil novos pedidos de seguro-desemprego registrados na semana encerrada em 1º de maio, melhor do que a estimativa de economistas ouvidos pela Dow Jones, de 527 mil, e o melhor patamar desde o início da pandemia. Investidores aguardam a divulgação de dados sobre emprego nos Estados Unidos (payroll), que devem dar sinais sobre o ritmo de recuperação do mercado de trabalho, e sobre os potenciais movimentos do Fed, o banco central americano. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperam a adição de mais 1 milhão de folhas de pagamento no último mês, e que a taxa de desemprego tenha caído de 6% para 5,8%. Os indicadores sobre emprego relativos a abril terão importância especial, já que o Fed vem indicando que pretende manter taxas de juros próximas a zero e outras medidas de estímulo até que o mercado de trabalho se fortaleça e a inflação se aqueça. Como há sinais de alta da inflação, alguns analistas acreditam que um mercado de trabalho excepcionalmente aquecido poderia ser tomado pelo Fed como um primeiro sinal de que as condições voltam a ser saudáveis, o que poderia levar o banco central a modificar sua política.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\M21) estão sendo negociados a US$ 64,59 com baixa de 0,23%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em baixa de 0,12%, negociado a US$ 68,00.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 56.285,27 (-1,39). O ouro (COMEX:GC\M21) é negociado a US$ 1.821,05 por onça-troy (+0,29%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 6,37%, cotados a 1226,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 190,06

Coronavírus

O mundo registra 155.481.806 de casos de coronavírus e 3.247.608 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 75.594.620. Doses aplicadas: 46.185.689.

Brasil  se tornou na quinta-feira (6) o terceiro país do mundo a superar a marca de 15 milhões de casos confirmados de coronavírus, após Estados Unidos e Índia, com o registro de 73.380 novas infecções elevando o total a 15.003.563, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Também foram contabilizados 2.550 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que faz com que o total de vítimas fatais de doença no país chegue a 416.949 — a segunda maior contagem do mundo, abaixo apenas dos EUA. Depois de atingir um pico de 4.249 mortes em um único dia em 8 de abril, na esteira da disseminação de uma variante mais transmissível do coronavírus, o país tem verificado recentemente uma estabilização dos índices da pandemia, ainda que em patamares elevados.

Brasil

Foram foram registrados 506.834 acordos de redução de jornada e salário ou suspensão de contrato desde que foi relançado o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm), em 28 de abril, informou o Ministério da Economia. Dos acordos firmados até agora, 46,9% são de suspensão de contrato, 29,5% são de redução de 70% de jornada; 17,3% são de redução de 50%; e 6,4% de redução de 25%. Mais da metade (53%) dos acordos fechados até o momento está no setor de serviços. A expectativa do governo é que nessa nova fase do programa sejam atendidos quase 5 milhões de trabalhadores. A iniciativa deve custar R$ 10 bilhões.

Poderes

 CPI da Covid: Senadores propuseram, na tarde de quinta-feira, 6, que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, general da ativa do Exército, seja alvo de condução coercitiva para depor perante a CPI da Covid. Senadores citaram a medida após o Estadão revelar que Pazuello recebeu, na manhã de quinta-feira, uma visita do ministro Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral da Presidência) no Hotel de Trânsito de Oficiais, onde supostamente estaria em isolamento depois de ter contato com dois servidores que contraíram a doença.

Justiça

Patentes:  A questão ficou para ser decidida em sessão da próxima semana no Supremo Tribunal Federal e pode ter como foco os setores ligados à saúde.

Governo recorre de decisão do STF que determinou a realização do Censo. AGU pede que, caso agravo não seja aceito, Censo possa ser realizado em 2022.

Economia

Guedes terá reunião virtual hoje à tarde (16h) com o embaixador da China, Yang Wanming, e com Queiroga (Saúde). O encontro acontece dias depois de o ministro da Economia ter causado um mal-estar diplomático com os comentários de que os chineses “inventaram o coronavírus” e os americanos conseguiram desenvolver uma vacina (Pfizer) mais eficiente do que a chinesa (Coronavac). A polêmica aumentou, quando Bolsonaro insinuou que a China pode ter criado o vírus em laboratório, como parte de uma “guerra química e bacteriológica”, em mais um episódio de potencial atrito com o principal fornecedor de insumos para vacinas do Brasil.

Agenda Econômica

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

Desaceleração do IGP-DI de abril (8h) na margem e queda mais intensa das vendas no varejo em março (9h) são os dois destaques do dia. Mas a atenção está hoje no mercado externo, com os dados da balança da China e o payroll nos EUA (9h30), que poderá mostrar a criação de um milhão de empregos, resgatando o receio de inflação pelo ritmo forte da recuperação econômica.


:cn: Balança comercial mensal (00h01)
:de: Balança comercial mensal (03h00)
:de: Produção industrial mensal (03h00)
🇬🇧 PMI de construção mensal (05h30)
🇧🇷 Índice IGP-DI mensal (08h00)
🇧🇷 Vendas no varejo mensal e anual (09h00) :star:
:us: Relatório de emprego payroll não-agrícola mensal (09h30) :star:
🇧🇷 Produção de veículos Anfavea mensal (10h00)
:us: Estoque no atacado mensal (11h00)
:us: Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia em alta de 0,30%, aos 119.920,61 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 119.071,04 e na máxima 119.966,42 pontos. O volume financeiro somou R$ 36,2 bilhões.

O Ibovespa encerrou em alta com Ambev liderando os ganhos após resultados do primeiro trimestre, em dia marcado por oscilações na Bolsa brasileira. Os investidores digeriram hoje a decisão de política monetária do Banco Central, que subiu para 3,5% a taxa básica de juros do país e sinalizou novas elevações nos próximos meses.

Maiores altas do Ibovespa

ABEV3: +8,88% a R$ 16,18
GOAU4: +5,18% a R$ 16,25
SBSP3: +4,92% a R$ 40,98
GGBR4 +4,56% a R$ 36,02
BRAP4: +4,32% a R$ 73,90

Maiores baixas do Ibovespa

UGPA3: -6,84% a R$ 20,28
LWSA3: -5,56% a R$ 25,48
PCAR3: -4,71% a R$ 36,00
BIDI11: -4,46% a R$ 209,24
BTOW3: -3,67% a R$ 63,00

Dólar    

dólar comercial: encerrou em baixa de  -1,62% sendo cotado a R$ 5,278 para venda e a R$ 5,277 para compra, o que levou o real ao melhor desempenho mundial entre as 21 principais moedas do mundo.

Ifix   

IFIX , o índice fechou a sessão em leve alta de 0,01%, aos 2.855,28 pontos. A mínima do dia para o índice foi de 2.855,12 pontos, enquanto a máxima bateu em 2.862,10 pontos. No acumulado de maio o IFIX registra alta de 0,01%, no ano cai 0,50%. A movimentação financeira foi de R$ 253,62 milhões.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário