Grupo SBF: agência atribui rating na escala nacional "brA+"para companhia, com perspectiva estável

LinkedIn

A SBF, informou que, a agência classificadora de risco de crédito S&P Global Ratings atribuiu rating de crédito corporativo de longo prazo “brA+” na Escala Nacional Brasil, com perspectiva “Estável”, à Companhia e à sua 2ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, com garantia adicional fidejussória de sua controladora, o Grupo SBF.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:SBFG3) nesta segunda-feira (24). Confira o documento na íntegra.

O rating de recuperação das debêntures é 3, indicando nossa expectativa de uma recuperação significativa (65%) para os credores em um cenário hipotético de default.

A perspectiva estável do rating baseia-se em nossa expectativa de que a Centauro continuará expandindo suas operações e apresentando crescente geração de caixa nos próximos anos, à medida que retoma seu plano de abertura e reforma de lojas, e se integra com as operações da Fisia.

A perspectiva incorpora também o cenário econômico incerto no Brasil, com a extensão da pandemia, que pode afetar seu plano de retomada das vendas em 2021.

Prejuízo líquido de R$ 36,2 milhões no 1T21, revertendo lucro

Grupo SBF, dono da rede Centauro, teve prejuízo líquido de R$ 36,2 milhões no primeiro trimestre, ante lucro de R$ 8,1 milhões em igual período do ano passado.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – teve queda de 14,9%, a R$ 37 milhões.

receita líquida teve alta de 60,8% na comparação anual, para R$ 812,8 milhões; o número foi beneficiado pelo desempenho da Fisia, distribuidora de produtos Nike no Brasil.

Deixe um comentário