Klabin recebe aprovação da SBTi para redução de suas emissões de gases de efeito estufa

LinkedIn

A Klabin recebeu aprovação da Science Target Iniciative (SBTi) para suas metas de redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:KLBN11) nesta quinta-feira (27). Confira o documento na íntegra.

A Klabin se compromete a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) de escopo 1 e 2 por tonelada de celulose, papéis e embalagens em 25% até 2025, e em 49% até 2035, tendo 2019 como ano-base.

Nos últimos 15 anos a Klabin reduziu em 60% suas emissões de GEE e em 2019 teve um saldo positivo de balanço de carbono de 4,7 milhões de toneladas CO2eq em suas operações, um serviço ambiental importante no combate às mudanças climáticas. O compromisso assumido com a SBTi representa uma contribuição ainda mais ambiciosa para a mitigação dos efeitos das mudanças do clima.

A Klabin estabeleceu uma meta de descarbonização fundamentada pelos critérios científicos da SBTi. Com isso, a Companhia reafirma seu empenho e o seu protagonismo no desenvolvimento de uma economia sustentável e marca a sua posição na agenda global do clima.

Lucro líquido de R$ 421 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

Klabin registrou lucro líquido de R$ 421 milhões no primeiro trimestre deste ano revertendo o prejuízo de R$ 3,143 bilhões no mesmo período de 2020.

Segundo a empresa, o primeiro trimestre de 2021 foi impactado pela retomada da demanda no mercado local e no externo após forte impacto da pandemia de coronavírus. O cenário permitiu o reajuste de preços em todas as linhas de negócios, que com a desvalorização do real e o bom desempenho operacional, impulsionou os resultados.

receita líquida nos três primeiros meses do ano somou R$ 3,467 bilhões, alta de 34% na comparação anual.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado melhorou 24% no período, somando R$ 1,274 bilhão, na mesma base de comparação.

Deixe um comentário