Ourofino (OFSA3): lucro líquido de R$ 9,6 milhões no primeiro trimestre, revertendo prejuízo

LinkedIn

A Ourofino encerrou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de R$ 9,6 milhões. No mesmo período de 2020, a empresa teve prejuízo de R$ 3,1 milhões.

A receita líquida subiu 50,8% nos três primeiros meses de 2021, para R$ 168,8 milhões. O negócio de animais de produção, o mais importante da Ouro Fino, teve uma receita de R$ 115,6 milhões, elevação de 61,7% em comparação com o primeiro trimestre do ano passado.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização -ajustado cresceu 382,7%, para R$ 25 milhões, o que resultou em margem ajustada de 14,9%, aumento de 10,3 pontos percentuais. O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda) ficou em 0,90 vez – redução de 30%.

O índice de alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda) ficou em 0,90 vez – redução de 30%.No critério ajustado, o Ebitda saltou 373,3%, para R$ 241,3 milhões. A margem Ebitda no último trimestre foi de 62,6%, avanço de 31,28 pontos percentuais.

“O cenário positivo para exportações e os preços da proteína continuam mantendo os investimentos em saúde animal muito aquecidos em todo o mercado, principalmente na linha reprodutiva, que tem ligação direta com o aumento da tecnificação e da produtividade rural”, disse a companhia, em relatório.

O segmento de operações internacionais da empresa teve receita líquida de R$ 23,2 milhões no trimestre, montante 19,6% maior que o do mesmo período de 2020.

Os gastos no trimestre deste ano chegaram a R$ 64,6 milhões, aumento de 22,8% em relação ao ano passado.

Segundo a indústria veterinária brasileira Ourofino, a geração de caixa operacional no período foi de R$ 23,5 milhões.

Os resultados da Ourofino (BOV:OFSA3) referentes às suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 06/05/2021. Confira o Press release na íntegra!

 

Deixe um comentário