Ser Educacional investe R$ 5 milhões em usina solar em Pernambuco

LinkedIn

A Ser Educacional (BOV:SEER3), investiu R$ 5 milhões em uma usina solar em Pernambuco para atender a demanda de energia elétrica das universidades da empresa na região. A empresa já estuda a instalação de outras duas usinas nos estados do Ceará e Bahia, para fazer parte do programa de sustentabilidade da empresa, segundo disse o presidente da Ser, Janyo Diniz.

Diniz diz que o projeto foi acelerado para aproveitar os benefícios que hoje estão disponíveis a esse tipo de energia. O Congresso Nacional avalia um projeto de lei que pode manter os benefícios, mas existe uma forte pressão para que o projeto seja alterado.

Diniz acredita que depois da pandemia vai prevalecer uma forma híbrida de ensino, em que boa parte será mantida à distância, mas ainda assim as aulas práticas serão realizadas na forma presencial, usando as instalações da universidade.

Além disso, a empresa, que já comprou faculdades de medicina pelo país, quer apostar ainda mais no setor de saúde e esse tipo de ensino requer aulas práticas. A Ser Educacional tem hoje cerca de 220 mil alunos. As matrículas do ensino superior nas universidades da Ser cresceram 35% em um ano. No ensino à distância, o crescimento foi de quase 170%.

Lucro líquido de R$ 30 milhões no 1T21, alta de 79,3%

Ser Educacional registrou lucro líquido de R$ 30,068 milhões no primeiro trimestre deste ano, alcançando alta de 79,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. O lucro líquido ajustado, por sua vez, ficou em R$ 36,221 milhões, alta de 23% em um ano.

receita líquida do trimestre foi de R$ 306,724 milhões, praticamente estável (-0,06%) ante o mesmo período do ano anterior.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 82,927 milhões, queda de 1,4% na comparação anual. No critério ajustado, o indicador atingiu R$ 67,863 milhões, redução de 12,6% ante o mesmo intervalo de 2020.

Informações Radar Econômico

Deixe um comentário