Tecnisa (TCSA3): prejuízo líquido de R$ 26 milhões no 1T21, alta de 55%

LinkedIn

A incorporadora Tecnisa teve prejuízo líquido de R$ 26 milhões no primeiro trimestre de 2021, uma melhora de 55% em relação ao prejuízo líquido de R$ 58 milhões no primeiro trimestre de 2020.

A receita líquida nos três primeiros meses do ano totalizou R$ 33 milhões, redução de 26% em relação aos primeiros três meses de 2020.

O ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi negativo em R$ 10,56 milhões, ante R$ 50,58 milhões de perda no mesmo período do ano passado.

A Tecnisa registrou margem bruta de 16,4%, ante os 16,5% negativos do primeiro trimestre do ano passado. Segundo o diretor financeiro e de relações com investidores, Flávio Vidigal de Capua, a tendência é que as margens sejam mantidas.

Quando possível, a companhia está antecipando a compra de materiais de construção.

A Tecnisa está buscando novo local para a instalação de sua sede. A intenção é reduzir os custos de aluguel em relação aos da avenida Faria Lima, na zona Sul de São Paulo, onde está instalada.

Os resultados da Tecnisa (BOV:TCSA3) referente suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 13/05/2021. Confira o Press Release completo!

Deixe um comentário