Tenda (TEND3): lucro líquido de R$ 42,2 milhões, crescimento de 133% no primeiro trimestre

LinkedIn

No 1T21, o modelo on-site da Tenda registrou lucro líquido de R$ 42,2 milhões, crescimento de 133%, com Margem Líquida de 7,0%. No consolidado o lucro líquido do trimestre totalizou R$ 36,9 milhões, alta de 110% com Margem Líquida de 6,1%.

O lucro por ação desconsiderando as ações em tesouraria contabilizou R$ 2,24

A receita operacional líquida totalizou R$ 602,9 milhões nos três primeiros meses do ano, alta de 45% na comparação com o mesmo período de 2020.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado do modelo on-site totalizou R$ 90,8 milhões, crescimento de 114% com Margem Ebitda ajustada de 15,1%. No consolidado, o Ebitda ajustado atingiu R$ 85,4 milhões, alta de 104%, com Margem Ebtida ajustada de 14,2%.

A Tenda lançou 10 empreendimentos no 1T21 totalizando R$ 610,3 milhões em VGV, crescimento de 269% na comparação com o mesmo período de 2019, sendo o melhor primeiro trimestre da história da companhia.

Seis projetos foram lançados na região metropolitana (“RM”) de São Paulo que juntos representam 70% do VGV total do trimestre, elevando em 1,2% na comparação anual.

Nesse primeiro trimestre as vendas líquidas totalizaram R$ 703,9 milhões, alta de 60% com velocidade sobre a oferta líquida (VSO) de 31,5%. Segundo a companhia, é o melhor primeiro trimestre em vendas líquidas na história da Tenda.

A relação distratos sobre vendas brutas encerrou o 1T21 em 13,3% apresentando uma melhora de 5,4% na comparação anual e uma piora de 6,3% na comparação trimestral em função do nível de repasses abaixo do esperado. “Nossa expectativa é que em 2021 esse indicador normalize e continue convergindo para os patamares histórico de 2019”, destaca a empresa.

Os resultados da Tenda (BOV:TEND3) referentes às suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 05/05/2021. Confira o Press release na íntegra!

Deixe um comentário