Agência de classificação de risco Moody´s atribuiu o rating corporativo ‘AAA.br’ à Sanepar

LinkedIn

A agência de classificação de risco Moody´s, uma das principais do mundo, atribuiu o rating corporativo ‘AAA.br’ à Sanepar . Ao mesmo tempo, atribuiu o rating ‘AAA.br’ para a 8ª emissão de debêntures – 2ª série e 10ª emissão de debêntures da companhia. A perspectiva é “estável”.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:SAPR4) (BOV:SAPR11), na terça-feira (29).

Segundo a agência, o rating corporativo ‘AAA.br’ e os ratings ‘AAA.br’ para as debêntures sênior sem garantia da Sanepar refletem a área de concessão atrativa da companhia e suas métricas de crédito fortes, com índice de cobertura de juros com EBIT de 6,0x e caixa gerado nas operações (FFO) sobre dívida de 36% nos últimos doze meses findos em dezembro de 2020.

“Esperamos que as métricas melhorem ainda mais em 2021, com FFO/dívida atingindo 45%. O perfil de crédito também reflete o curto histórico do ambiente regulatório aprovado em 2017, que incorpora um mecanismo tarifário com objetivo de compensar os investimentos feitos pela companhia, mas com histórico de interferência política. O perfil de crédito da Sanepar considera o programa de investimentos significativo da companhia, que continuará a absorver uma grande parte do fluxo de caixa operacional nos próximos anos, e pagamentos de dividendos relativamente elevados quando comparados aos seus pares nacionais. A perspectiva estável reflete a expectativa de manutenção de métricas de crédito fortes, com Dívida/EBITDA inferior a 3,5x, uma política financeira em geral prudente, e um ambiente regulatório favorável”, afirmou a agência.

Os ratings da Sanepar estão no patamar mais alto da escala e portanto não podem ser mais elevados. Um rebaixamento dos ratings da Sanepar pode ocorrer caso a Moody’s note mudança material no ambiente regulatório sob o qual a Sanepar opera ou de interferência política que altere o curso normal de negócios da companhia.

Lucro líquido de R$ 246,5 milhões no 1T21, queda de 3,7%

Sanepar registrou lucro líquido de R$ 246,5 milhões no primeiro trimestre de 2021, queda de 3,7% na comparação anual, a R$ 246,5 milhões.

receita líquida da estatal paranaense de saneamento caiu 1,6% nos três primeiros meses do ano, a R$ 1,23 bilhão.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – teve leve variação positiva de 0,3%, a R$ 522,7 milhões.

Deixe um comentário