Méliuz decidiu aprovar a rerratificação da outorga de opções de compra de ações realizada na RCA

LinkedIn

A Méliuz decidiu aprovar a rerratificação da outorga de opções de compra de ações realizada na RCA do dia 25 de fevereiro de 2021 para constar a outorga de 297.455 opções de compra de ações distribuídas a 34 beneficiários.

O comunicado feito pela empresa (BOV:CASH3) nesta segunda-feira (14).

O anúncio vem em substituição à outorga de 305.728 opções de compra de ações, distribuídas a 36 beneficiários mencionada na ata da RCA de 25 de fevereiro de 2021.

“Cada opção conferirá ao beneficiário o direito de adquirir uma ação ordinária de emissão da companhia, ao preço de exercício de R$ 0,01 por ação”, decidiu a Méliuz.

A empresa também ratificou a outorga de 29.905 opções de compra de ações a um beneficiário, no dia 17 de maio de 2021, no âmbito do Plano de Opção de Compra de Ações da Companhia, chamado de Plano SOP. Cada opção conferirá ao beneficiário o direito de adquirir uma ação ordinária da Companhia, ao preço de exercício de R$ 0,01 cada.

Méliuz (CASH3): lucro líquido de R$ 3 milhões no 1T21, queda de 51,2%

Méliuz registrou lucro líquido de R$ 3,01 milhões no primeiro trimestre de 2021, queda de 51,2% do lucro na comparação anual. A companhia destacou o crescimento da base de usuários no período, estimulado por um forte crescimento em despesas.

No primeiro trimestre, a empresa registrou receita líquida de R$ 48,7 milhões, 54% acima dos R$ 31,6 milhões registrados um ano antes. Incluindo o negócio de marketplace internacional, fruto da aquisição do site polonês Picodi, a receita líquida foi de R$ 51,8 milhões, um avanço de 64% no período.

A receita líquida de serviços financeiros, considerando cartão de crédito e produtos mais recentes como cashback de notas fiscais e empréstimos foi de R$ 9,1 milhões, 6,5 vezes o resultado de R$ 1,4 milhão registrado um ano antes.

ebitda – lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização – teve queda 49%, para R$ 4,9 milhões, com margem de 9,5%, “explicado pela variação das despesas ao longo do trimestre”.

O Méliuz abriu 2,4 milhões de contas, uma média de 27 mil contas abertas por dia corrido, enquanto o número de usuários ativos teve alta de 226%, para 7,1 milhões.

Deixe um comentário