ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Reddit, PayPal, Twitter, New York Times e Bloomberg ficam fora do ar na manhã de terça-feira

LinkedIn

O Reddit e sites de notícias globais, incluindo o Financial Times, New York Times e Bloomberg, tiveram interrupções intermitentes na manhã de terça-feira (08), com alguns usuários incapazes de acessar os sites.

Alguns visitantes dos sites do Reino Unido e dos EUA receberam a mensagem “Erro 503 Serviço indisponível”.

Amazon, Twitter, PayPal, Spotify, Twitch, BBC e The Guardian também foram afetados, segundo relatos. O site de tecnologia The Verge usou um Google Doc aberto para relatar a história, embora tenha se esquecido de desligar a edição.

Os primeiros relatos da interrupção começaram por volta das 7 horas da manhã (horário de Brasília), mas os sites estavam online novamente para os usuários uma hora depois. Mas alguns sites, incluindo o site do governo do Reino Unido gov.uk e The New York Times, tiveram um carregamento lento e problemas gráficos.

O provedor de serviços de computação em nuvem dos EUA, Fastly, disse em seu site às 6h58, horário de Brasília, que estava investigando um problema técnico. Às 7h44, Fastly disse que o problema foi identificado e “uma correção está sendo implementada”. As ações da Fastly (NYSE:FSLY) caíram 1,6% nas negociações de pré-mercado após o início da interrupção. Em um ponto, caiu cerca de 3%.

Captura de tela da interrupção do NYT

A Fastly (BOV:F1SL34) opera uma rede de distribuição de conteúdo. Um CDN é uma rede de servidores e centros de dados em todo o mundo que permite a transferência de ativos necessários para carregar conteúdo da Internet, como páginas HTML, arquivos JavaScript, imagens e vídeos.

A infraestrutura que sustenta grande parte da Internet é operada por um número relativamente pequeno de empresas. Quando um deles tem um problema, isso pode levar a paralisações globais generalizadas que afetam bilhões de pessoas.

“Isso é o que acontece quando metade da internet depende de Golias como Amazon, Google e Fastly para todos os seus servidores e serviços da web”, disse Gaz Jones, diretor técnico da agência digital Think3, em um comunicado. “Toda a Internet tornou-se perigosamente voltada para alguns players.”

Quando a divisão de computação em nuvem da Amazon, Amazon Web Services, encontrou um problema em 2017, alguns dos maiores sites do mundo ficaram offline por várias horas em toda a costa leste dos Estados Unidos. Em 2019, a Cloudflare (NET), outra empresa CDN, passou por um problema que durou cerca de uma hora e afetou sites, incluindo o serviço de bate-papo Discord e o site de encontros OKCupid.

Toby Stephenson, diretor de tecnologia da empresa de TI e segurança cibernética Neuways, concordou que o incidente “destaca a dependência de muitos dos maiores sites do mundo em redes de distribuição de conteúdo”.

“Como há tão poucos desses serviços CDN, essas interrupções podem ocorrer de tempos em tempos”, disse ele. “Ao usar esses CDNs para enviar conteúdo aos leitores, esses sites costumam ser rápidos e responsivos, mas, nesta ocasião, eles ficaram com uma cara coletiva. Os back-ends técnicos desses grandes sites provavelmente funcionam bem, mas são os front-ends que não podem ser acessados ​​e o conteúdo não pode ser enviado porque a rede está inativa”.

Deixe um comentário