Assaí assinou contrato de venda de cinco imóveis com valor total de R$ 364 milhões

LinkedIn

O Assaí assinou contrato de venda de cinco imóveis para um fundo de investimento administrado pela BRL Trust gerido pela TRX, com valor total de R$ 364 milhões. O instrumento assinado prevê a venda, o desenvolvimento e a locação dos imóveis da companhia localizados nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rondônia.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:ASAI3) nesta segunda-feira (19).

A operação contempla a venda de um imóvel já construído e de outros 4 terrenos, sobre os quais serão realizadas obras de construção e desenvolvimento imobiliário. O valor da transação pode sofrer alterações por causa das obras ou pela eventual necessidade de exclusão ou substituição dos imóveis

Os imóveis serão todos da bandeira Assaí, ocupando uma área de 160.177,13 m? de terreno e 69.705,97 m? de área construída. A efetivação da aquisição deve ocorrer até 10 de outubro.

O valor de venda e de custeio das obras de construção servirá de base para a definição do valor final dos aluguéis mensais dos imóveis.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 29 de julho.

VISÃO DO MERCADO
XP Investimentos
A XP vê a transação como positiva pois destrava valor para companhia enquanto permite um modelo de negócio mais asset light (menos necessidade de investimento fixo) dado que a companhia apenas aluga o imóvel.
XP mantém recomendação de compra e preço alvo de R$ 120,0 por ação.

Lucro líquido mais que dobra e atinge R$ 240 milhões no 1T21

Assaí registrou lucro líquido de R$ 240 milhões no primeiro trimestre de 2021. O número é mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado, uma alta de 113%.

Essa é a primeira divulgação de resultados após a cisão com o GPA. O fim do auxílio emergencial, retomado em abril, foi um aspecto negativo do período, mas a empresa diz que a venda se manteve aquecida, com novos consumidores buscando as lojas.

A receita líquida da companhia aumentou 21% de um ano para o outro, passando de R$ 7,8 bilhões para R$ 9,4 bilhões.

Deixe um comentário