Bom dia ADVFN - Dados sobre pedidos de seguro-desemprego nos EUA e decisão do Banco Europeu concentram atenção

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  22 de Julho de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: as bolsas mundiais avançam, mantendo o ritmo positivo do dia anterior e se recuperando de um começo de semana negativo, o otimismo com a temporada de balanços vai superando as preocupações com o crescimento da variante delta.

Na Ásia, os mercados fecharam em alta. O indicador das ações da Ásia-Pacífico da MSCI Inc. subiu pelo segundo dia, liderado por setores cíclicos como materiais e energia, com o setor de tecnologia se recuperando das perdas recentes. Os mercados permaneceram fechados no Japão por conta de um feriado. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve uma das maiores altas, de 1,83%. As ações do China Evergrande Group tiveram alta de 7,87%, após a empresa anunciar que solucionou disputas legais com o China Guangfa Bank, segundo informações da agência internacional de notícias Reuters. Na China continental, o índice Shanghai subiu 0,34%; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 1,07%. Investidores continuam a monitorar o avanço da variante delta do coronavírus, originária da Índia, que é mais contagiosa. Os dois maiores estados australianos informaram forte alta nas novas contaminações, e a Indonésia tem número recorde de mortes, segundo informações da Reuters.

Na Europa, os índices operam em alta. As bolsas acompanham a alta geral das bolsas mundiais. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,69%, com destaque positivo das ações dos setores de viagens e lazer, enquanto que o setor de itens domésticos recua 0,6%. Nesta quinta, o Banco Central Europeu deve divulgar sua decisão mais recente sobre política monetária, incluindo sua nova meta para inflação. Entre as empresas que divulgam seus resultados nesta quinta estão Unilever, Roche, Publicis e Mulberry Group. As ações da Unilever recuam mais de 4% após a empresa reduzir a sua previsão sobre margem operacional anual, citando custos mais altos.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos operam em alta no momento. Com os ganhos de terça e quarta, as principais bolsas americanas recuperaram as perdas observadas na segunda-feira, em meio ao avanço da variante delta do coronavírus. Outro fator que contribuiu para as vendas foi a queda do rendimento dos títulos do Tesouro com vencimento em dez anos nos Estados Unidos, que foi a 1,17% no início da semana, o menor patamar em dez anos. Na quarta, o rendimento estava em 1,29%. Até o momento, 15% das empresas listadas no índice S&P 500 divulgaram seus resultados. Do total, 88% superaram as estimativas de lucro, segundo dados da provedora de infraestrutura e dados do mercado financeiro Refinitiv. E 84% superaram as expectativas quanto a receita. Entre as empresas listadas em bolsas dos Estados Unidos que devem divulgar resultados trimestrais nesta quinta antes da abertura dos mercados estão AT&T, American Airlines e Union Pacific. Depois do fechamento dos mercados, Intel, Twitter e Snap devem divulgar seus resultados. Investidores também se mantêm atentos para os dados de novos pedidos semanais de seguro-desemprego pelo Departamento de Emprego nesta quinta. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperam que o número de novos pedidos seja de 350 mil, abaixo do patamar anterior, de 360 mil. Também serão divulgados dados sobre moradias.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CLM21) estão sendo negociados a US$ 71,11, com alta de 1,15%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em alta de 1,11%, negociado a US$ 73,03.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 31.939,23 (+3,55%). O ouro (COMEX:GCM21) é negociado a US$ 1.796,20 por onça-troy (-0,40%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 5,32%, cotados a 1.138 iuanes, equivalente hoje a US$ 176 (nas últimas 24 horas).

Coronavírus

O mundo registra 191.785.538 de casos de coronavírus e 4.123.069 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 147.335.238. Doses aplicadas: 121.155.983.

O Governo de São Paulo anunciou ontem (21) que os municípios do estado que aplicaram a primeira dose da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford em gestantes e puérperas estão autorizados a concluir o esquema vacinal com a segunda dose com imunizante da Pfizer.

Brasil

Com o avanço lento da vacinação contra a covid-19 no Brasil e da melhora dos índices de casos e mortes vistos nas últimas semanas, o governo federal força o retorno das aulas presenciais em todo o país. Mas a pressão dos ministros da Educação, Milton Ribeiro, e da Saúde, Marcelo Queiroga, nos últimos dias, requer a adoção de vários cuidados, conforme alertam especialistas, sobretudo por causa da disseminação da variante Delta no país. Uma das medidas prometidas pelos ministros para diminuir os riscos para professores, alunos e profissionais de apoio das instituições de ensino é a publicação de um protocolo para orientar estados e municípios no retorno — algo que até hoje não saiu do papel. Ontem (21), o ministro da Saúde voltou a dar uma previsão para divulgação deste protocolo. “Acredito que na semana que vem devemos ter uma posição definitiva sobre esse protocolo”, disse Queiroga. A promessa de publicação do documento já havia sido feita por ele quando foi anunciada a criação de diretrizes para o retorno dos alunos às salas de aula. E voltou a defender a necessidade da retomada presencial, inclusive sem a vacinação completa dos professores.

Poderes

No último dia 8, uma quinta-feira, o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), recebeu um duro recado do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, por meio de um importante interlocutor político. O general pediu para comunicar, a quem interessasse, que não haveria eleições em 2022, se não houvesse voto impresso e auditável. Ao dar o aviso, o ministro estava acompanhado de chefes militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.O presidente Jair Bolsonaro repetiu publicamente a ameaça de Braga Netto no mesmo 8 de julho. “Ou fazemos eleições limpas no Brasil ou não temos eleições”, afirmou Bolsonaro a apoiadores, naquela data, na entrada do Palácio da Alvorada. A portas fechadas, Lira disse a um seleto grupo que via aquele momento com muita preocupação porque a situação era “gravíssima”. Diante da possibilidade de o Congresso rejeitar a proposta de emenda à Constituição que prevê o voto impresso – ainda hoje em tramitação numa Comissão Especial da Câmara.

Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que “o presidente Jair Bolsonaro vai anunciar em breve uma reestruturação interna”, sem dizer qual, para incentivar o crescimento de emprego, saúde e renda, e manter a arrecadação das receitas federais sustentáveis. “Vem aí o Bolsa Família e outros programas sociais que serão anunciados brevemente (para incentivo do emprego e renda)”, destacou. “Teremos, também, uma reestruturação interna que o presidente vai anunciar”, disse. Guedes não explicou qual seria essa reestruturação. O presidente Jair Bolsonaro deve anunciar uma mudança ministerial na próxima semana. Entre as medidas, segundo fontes do governo, estaria a recriação do Ministério do Trabalho, com retirada dessa área do organograma do Ministério da Economia.

O encaminhamento da segunda fase da reforma tributária ao Congresso no fim de junho fez com que os Fundos Imobiliários despencassem por conta da proposta de acabar com a isenção dos dividendos. O anúncio foi severamente criticado pelo mercado, até que veio a notícia de que não haveria nenhuma  taxação.  O cancelamento da proposta de taxação em 15% no rendimento desses ativos é uma ação “inteligente”, pois a indústria imobiliária deve continuar em crescimento acelerado nos próximos anos. Uma prova disso é que as emissões de FII de janeiro a junho cresceram 44,8% em relação ao mesmo período do ano passado, passando de R$ 18,5 bilhões para R$ 26,8 bilhões, segundo boletim da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). A proposta completa de reforma tributária aguarda votação na Câmara dos Deputados e segue no radar dos investidores, especialmente porque a taxação dos dividendos com alíquota de 20% (com possível isenção em uma faixa de recebimentos que ainda não foi definida) segue no texto e foi reiterada por Guedes na quarta-feira (21), durante coletiva de imprensa.

Agenda: Paulo Guedes, Robson Braga de Andrade (CNI) e deputado Celso Sabino participam de evento virtual da Febraban sobre reforma tributária (13h). Guedes apresenta Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 3TRI, com coletiva do secretário especial de Fazenda, Bruno Funchal (15h).

Agenda Econômica

🇯🇵 Japão – Feriado do Dia do Oceano
🇪🇺 BCE – Taxa de facilidade de Cedência (08h45)
🇪🇺 BCE – Taxa de Facilidade Permanente de Depósito (08h45)
🇪🇺 BCE – Taxa básica de juros (08h45)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h30) ⭐️
🇺🇸 Índice de atividade nacional Fed Chicago mensal (09h30)
🇪🇺 Confiança do consumidor mensal (11h00)
🇺🇸 Variação de vendas de casas usadas mensal (11h00)

Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia  em alta de 0,42%, aos 125.929,25 pontos, na mínima o Ibovespa ficou 125.246,63 em  e na máxima 126.111,75 pontos. O volume financeiro somou R$ 24,3 bilhões. O Ibovespa fechou em alta após zerar os ganhos ao menos duas vezes na sessão de ontem. O índice foi puxado pelos avanços das bolsas norte-americanas, que mantêm o ritmo de recuperação visto dia 20 após um início de semana negativo. O aumento do preço do petróleo, que também voltou a avançar depois de registrar forte baixa, contribuiu para o movimento altista.

Maiores altas do Ibovespa

IRBR3: +8,50% a R$ 6,00
BRKM5: +4,64% a R$ 62,90
EMBR3: +3,00% a R$ 18,87
BIDI11: +2,50% a R$ 84,90
USIM5: +2,50% a R$ 19,68

Maiores baixas do Ibovespa

AMER3: -5,67% a R$ 57,85
LAME4: -5,16% a R$ 7,90
FLRY3: -2,87% a R$ 24,33
COGN3: -2,46% a R$ 3,97
JHSF3: -2,20% a R$ 7,56

Especial ADVFN –  Carteira Recomendada Julho/2021

Dólar    

dólar comercial: encerrou o dia em queda de -0,76% sendo cotado a R$ 5,192, para venda e a R$ 5,191 para compra, após abrir em alta e apresentar forte volatilidade ao longo da sessão. A falta de uma agenda indicadores econômicos atrelado com a disseminação da variante Delta da covid-19 e a correção após a forte alta de segunda-feira tem deixado o investidor cauteloso.

Juros

O DI para janeiro de 2022 subiu dois pontos-base a 5,77%, o DI para janeiro de 2023 ficou estável a 7,12%, o DI para janeiro de 2025 avançou quatro pontos-base a 8,13% e o DI para janeiro de 2027 registrou variação positiva de três pontos-base a 8,58%.

Ifix   

O índice fechou o dia em queda de 0,07%, aos 2.837,73 pontos. A mínima do dia para o índice foi 2.836 pontos, enquanto a máxima bateu em 2.845,65 pontos. Em julho o IFIX registra valorização de 3,01%. Já no acumulado de 2021, cai 1,33%. A movimentação financeira foi de R$ 199,33 milhões.

** Aqui estão todas as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de julho de 2021 **

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário