Bom dia ADVFN - Fala de Power, Livro Bege e reforma do Imposto de Renda no Brasil na agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  14 de Julho de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os índices futuros americanos se mantêm estáveis, as bolsas europeias recuam  e as asiáticas fecharam em baixa, após Estados Unidos informarem inflação acima da expectativa em junho.

Na Ásia, os mercados fecharam em sua maioria em quedas após a divulgação de dados de inflação acima da expectativa nos Estados Unidos. Na China continental, o Shanghai composto caiu 1,07%; em Hong Kong, o índice Hang Seng recuou 0,69%; em Japão, o Nikkei fechou em queda de 0,38%; na Coreia do Sul, o Kospi caiu 0,2%.

Na Europa, os índices operam em sua maioria no terreno negativo. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, também recua após a divulgação dos dados sobre inflação nos Estados Unidos. O índice perde 0,3%, com destaque negativo para os setores de serviços, viagem e lazer, que recuam 0,9%. No Reino Unido, a inflação também subiu mais do que o esperado em junho, segundo dados divulgados na quarta. O índice de preços ao consumidor avançou 0,5% em junho frente ao mês anterior, acima da expectativa de 0,2% de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos se mantêm estáveis. Na terça, as principais bolsas americanas fecharam no vermelho, prejudicadas por temores quanto ao avanço da inflação no país. O S&P e o Nasdaq chegaram a avançar a níveis recordes, antes de fecharem em baixa. O S&P recuou 0,35%; o Nasdaq perdeu 0,38%; e o Dow fechou a sessão com recuo de 0,3%. O recuo veio após o Departamento de Emprego dos Estados Unidos afirmar que a inflação avançou em junho em seu ritmo mais acelerado em quase 13 anos. O índice de preços ao consumidor subiu 5,4% em relação ao patamar de um ano antes, acima da expectativa de alta de 5% de economistas ouvidos pela Dow Jones, a maior alta desde agosto de 2008. Os bancos JPMorgan e Goldman Sachs inauguraram a temporada de divulgação de resultados na terça. O faturamento bruto e o lucro líquido de ambos superaram as estimativas. Bank of America, Citigroup e Wells Fargo devem reportar nesta quarta antes da abertura do mercado.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CLM21) estão sendo negociados a US$ 74,78, com baixa de 0,62%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em baixa de 0,61%, negociado a US$ 76,02.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 32.326,50 (-2,72%). O ouro (COMEX:GCM21) é negociado a US$ 1.814,10 por onça-troy (+0,23%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 0,79%, cotados a 1.219,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 183,55 (nas últimas 24 horas).

Coronavírus

O mundo registra 187.614.492 de casos de coronavírus e 4.045.091 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 143.420.108. Doses aplicadas: 108.863.395.

Brasil

Após reunião com governadores, na terça-feira (13/7), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o ministério vai discutir com estados e municípios uma orientação nacional sobre a possibilidade ou não de redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose de vacinas contra a covid-19. Durante o encontro, Queiroga criticou gestores locais que têm anunciado, isoladamente, reduções no tempo entre as duas aplicações da AstraZeneca e da Pfizer para aumentar a segurança contra a variante Delta do novo coronavírus.

Poderes

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou na terça-feira que trabalha com a perspectiva de votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 no plenário do Congresso Nacional até a sexta-feira, para permitir que o Legislativo possa iniciar seu recesso parlamentar ainda nesta semana. Lira disse já ter conversado com a presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), senadora Rose de Freitas (MDB-ES), com o relator da LDO, deputado Juscelino Filho (DEM-MA), pedindo que seja dada celeridade à tramitação da proposta no colegiado. “Há um comprometimento por parte da Câmara, por parte do Senado. Estive ontem falando com a senadora Rose de Freitas, com o relator da LDO, deputado Juscelino, para que eles tenham uma dedicação máxima de análise das emendas para entre quinta e sexta-feira a gente poder votar no plenário do Congresso”, disse Lira a jornalistas. “O nosso plano é entrar de recesso essa semana, pedindo a máxima atenção e toda a presteza de todos os técnicos da Casa para que analisem as emendas o mais rápido possível.”

A reunião entre os presidentes dos três Poderes da República foi marcada para hoje às 11h no Supremo Tribunal Federal, em Brasília. Participarão o presidente Jair Bolsonaro; o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux; e os presidentes da Câmara e do Senado – Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), respectivamente.

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM), transferiu para hoje, a partir das 9h, o depoimento de Emanuela Medrades. Além de Medrades, os senadores também ouvirão o sócio-administrador da mesma empresa, Francisco Maximiano.

Economia

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (13/7) e foi aprovada pela Câmara no último dia 21. Segundo o texto, o foco da MP da privatização é vender ações da Eletrobras até que o governo deixe de deter 60% dos papéis da estatal, como é atualmente, e passe a ser dono de 45% da empresa. Durante a tramitação no Parlamento, os congressistas ampliaram o texto e incluíram no projeto de lei de conversão alguns dispositivos, como o que prevê que as empresas que atuam nos segmentos de geração, de transmissão e de distribuição de energia elétrica poderão destinar, alternativamente a investimentos, nos termos da lei, recursos na forma de aporte para suporte e desenvolvimento de instituições de pesquisas e tecnologia vinculadas ao setor elétrico, assim reconhecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O parecer da segunda fase da reforma tributária prevê uma queda da alíquota base do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (do IRPJ) de 15% para 2,5% até 2023. Na primeira etapa, a alíquota cairá 10 pontos porcentuais de (15% para 5%) no ano que vem. Em 2023, a alíquota será reduzida para 2,5%. A alíquota adicional do IRPJ de 10% (cobrada para empresas com lucro acima de R$ 20 mil) será mantida. Ou seja, para as empresas maiores, a alíquota cairá de 25% para 12,5%. O texto do deputado Celso Sabino (PSDB-PA) retirou a taxação de 15% sobre os rendimentos de fundos de investimentos imobiliários (FIIs), como propôs o governo no projeto enviado no fim do mês passado. Ou seja, pelo parecer, esses fundos devem continuar isentos de impostos. “Nos fundos de investimentos imobiliários, vamos manter a isenção. Também os fundos de investimento no agro, Fiagro, fundo de participações de empreendimentos e logísticas e de construção”, afirmou Sabino. O relatório mantém a taxação de 20% na distribuição de lucros e dividendos, isentos no Brasil desde 1996. Mas abre uma exceção quando a distribuição é feita entre empresas do mesmo grupo societário.

Agenda Econômica

🇯🇵 Produção industrial mensal e anual (01h30)
🇬🇧 Índice de preços ao consumidor anual e mensal (03h00)
🇪🇺 Produção industrial mensal e anual (06h00)
🇧🇷 Índice de atividade IBC-Br BC anual e mensal (09h00) ⭐️
🇺🇸 Índice de preços ao produtor mensal e anual (09h30)
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo EIA (11h30)
🇺🇸 Federal Reserve – Divulgação do Livro Bege (14h00) ⭐️
🇧🇷 Fluxo cambial mensal (14h30)
🇨🇳 Produção industrial anual (23h00) ⭐️
🇨🇳 Vendas no varejo anual (23h00)⭐️
🇨🇳 Taxa de desemprego mensal (23h00)
🇨🇳 Variação do PIB anual e trimestral (23h00)⭐️

Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia em alta de 0,45% aos  128.167,74 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 125.428,30 e na máxima 127.781,91 pontos. O volume financeiro somou R$ 27,9 bilhões. O Ibovespa encerrou o pregão com investidores repercutindo as mudanças apresentadas no parecer da reforma tributária na tarde de terça-feira, 13.

Maiores altas do Ibovespa

HYPE3: +6,36% a R$ 36,45
HGTX3: +5,59% a R$ 38,55
JHSF3: +3,30% a R$ 7,51
BRML3: +3,02% a R$ 10,58
BRAP4: +3,02% a R$ 79,43

Maiores baixas do Ibovespa

EMBR3: -2,94% a R$ 19,12
BIDI11: -2,06% a R$ 76,99
CMIG4: -1,73% a R$ 11,93
EQTL3: -1,67% a R$ 24,15
SUZB3: -1,64% a R$ 59,46

Especial ADVFN –  Carteira Recomendada Julho/2021

Dólar    

dólar comercial: encerrou o dia em alta de 0,13% sendo cotado a R$ 5,180, para venda e a R$ 5,181 para compra, apresentando forte volatilidade, com investidores digerindo dados de inflação nos Estados Unidos, preocupação com a variante delta da covid-19 e também com a expectativa da temporada de balanços corporativos nos Estados Unidos, considerado um radar para a retomada da economia.

Juros

O DI para janeiro de 2022 subiu dois pontos-base a 5,83%, o DI para janeiro de 2023 teve alta de quatro pontos-base a 7,37%, o DI para janeiro de 2025 avançou dois pontos-base a 8,40% e o DI para janeiro de 2027 registrou variação positiva de três pontos-base a 8,81%.

Ifix   

O índice fechou a sessão em alta, subindo 0,93%, aos 2.823,81 pontos. A mínima para o índice foi de 2.797,86 pontos, enquanto a máxima bateu em 2.825,46 pontos. Em julho o IFIX registra valorização de 2,49%. Já no acumulado de 2021, cai 1,15%. A movimentação financeira foi de R$ 255,37 milhões.

** Aqui estão todas as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de julho de 2021 **

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário