Klabin aprova conjunto de 23 projetos especiais e expansões que receberão investimentos de R$ 342 milhões

LinkedIn

O Conselho de Administração da Klabin aprovou nesta semana um conjunto de 23 projetos especiais e expansões que receberão investimentos de R$ 342 milhões. Segundo a companhia, a maior parte dos recursos dos projetos será aplicado em aumento de capacidade de conversão de papéis em embalagens. Com isso, as fábricas da empresa em Goiana (PE) e Betim (MG) receberão duas novas impressoras e a unidade fabril da empresa em Lages (SC) terá uma nova linha de sacos “para miscelânea”.

Inaugurada no ano passado, a fábrica de embalagens da Klabin (BOV:KLBN11), em Horizonte, ficou fora da relação. Do valor total, R$ 125 milhões serão desembolsados nesse ano e o restante em 2022. De acordo com comunicado, R$ 251 milhões serão direcionados ao aumento da capacidade de conversão de papéis em embalagens, com destaque para duas novas impressoras. Os demais projetos estão distribuídos em todos os segmentos de atuação da empresa e voltados para a otimização de custos.

Segundo a Klabin, os projetos são de retorno rápido e alto. “O baixo investimento em relação à geração de caixa esperada desses projetos faz com que a sua implementação contribua para a aceleração da desalavancagem da companhia no atual ciclo de crescimento”, disse a empresa.

Unidade de Horizonte
Maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do País e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais, a Klabin iniciou suas operações no Ceará em fevereiro de 2020, em sua unidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a companhia, o investimento no Ceará teve como objetivo ampliar a produção da empresa na Região, “antevendo o atendimento ao crescente mercado de fruticultura no Nordeste do País”. O aporte anunciado para a unidade cearense foi de R$ 100 milhões.

“A região vem crescendo como grande exportadora de frutas e também tem se destacado no cenário industrial. Esse investimento fortalece a nossa parceria com os clientes das regiões Nordeste e Norte e possibilita diferenciais para os mercados. Estamos muito felizes por ampliar a nossa presença regional. Chegar ao Estado do Ceará e levar a Klabin para a região por intermédio de nossas pessoas, com o conhecimento, dedicação, tecnologia e sustentabilidade, mostra que somos muito além da embalagem”, disse Douglas Dalmasi, diretor de Embalagens da Klabin, no lançamento da unidade.

Localizada a 35 quilômetros de Fortaleza e 90 quilômetros do Porto do Pecém, a fábrica recebe papel reciclado da Unidade Goiana (PE) e fibra virgem das unidades da Klabin do Paraná e Santa Catarina.

Informações Focus

Deixe um comentário