Lucro da Charles Schwab fica um pouco abaixo das estimativas, mas receita supera e cresce 85% ano a ano

LinkedIn

A empresa multinacional americana de serviços financeiros Charles Schwab Corp (NYSE:SCHW) divulgou os lucros do segundo trimestre na sexta-feira (16).

Os resultados mostraram o lucro caindo abaixo das estimativas, enquanto a receita superou, com a abertura de 1,7 milhão de novas contas de corretagem, ultrapassando 1 milhão pelo terceiro trimestre consecutivo.

A corretora de descontos registrou lucro líquido de US$ 1,265 bilhão (R$ 6,46 bilhões), ou 59 centavos de dólar por ação, ante US$ 671 milhões, ou 48 centavos por ação, no mesmo período do ano anterior.

O lucro ajustado por ação chegou a 70 centavos, logo abaixo do consenso de 71 centavos da FactSet.

A receita aumentou 85% para US$ 4,527 bilhões (R$ 23,13 bilhões), de US$ 2,450 bilhões, à frente do consenso de US$ 4,459 bilhões da FactSet.

Os números incluíam a TD Ameritrade, que a Schwab adquiriu em outubro passado, junto com os custos relacionados à aquisição e integração, incluindo um encargo não dedutível de US$ 200 milhões, ou 10 centavos por ação, relacionado a um assunto regulatório previamente divulgado.

Charles Schwab também é negociada na B3 através da BDR (BOV:SCHW34). O preço de fechamento de quinta-feira foi de R$ 90,32.

Deixe um comentário