Magazine Luiza obtém autorização para aquisição da Hub Fintech

LinkedIn

O Magazine obteve também autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) Banco Central para a transferência do controle societário da Hub Fintech para a Magalu Pagamentos, subsidiária integral do Magalu, e que a aquisição foi concluída de forma definitiva.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:MGLU3) nesta segunda-feira (05).

Com a Hub Fintech, o Magalu incorpora uma instituição de pagamentos regulada pelo Banco Central e integrada ao Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e ao Sistema de Pagamentos Instantâneos (PIX).

Além de ser uma das maiores plataformas de Banking as a Service (BaaS) e líder no processamento de cartões pré-pago do país, a Hub Fintech também oferece serviços como cartão de benefícios (alimentação, refeição), adquirência e soluções corporativas para gestão de despesas.

Adicionalmente, com a recente aquisição da processadora de cartões de crédito Bit55, a Hub passa a deter um portfólio completo de soluções financeiras, com tecnologia própria e escalável.

Magalu (MGLU3): lucro líquido ajustado de R$ 81,5 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

Magazine Luiza reverteu o prejuízo visto no primeiro trimestre de 2020 e registrou lucro líquido ajustado de R$ 81,5 milhões no primeiro trimestre de 2021.

Magalu apresentou lucro líquido de R$ 258,6 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 739,7% ante o mesmo período de 2020. O número, porém, foi beneficiado por receitas e despesas não recorrentes, incluindo ganhos relacionados à reversão de provisões tributárias.

receita líquida nos três primeiros meses do ano teve avanço de 57,7% na mesma comparação, somando R$ 8,525 bilhões.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado do período foi de R$ 427,2 milhões, alta de 56% em base de comparação anual.

Deixe um comentário