Mercados mantém trajetória ascendente, recuperando a liquidação de segunda-feira

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, acompanhando a segunda alta seguida em Wall Street à medida que o otimismo sobre uma recuperação econômica parecia superar a preocupação com o aumento dos casos de coronavírus e da inflação.

O índice Hang Seng de Hong Kong registrou os maiores ganhos regionalmente, subindo 1,84% para fechar em 27.700,62 pontos.

Na China Continental, o composto de Xangai subiu 0,34%, para 3.574,73 pontos, enquanto o Shenzhen Component subiu 0,33%, para 15.262,19 pontos.

O Kospi da Coreia do Sul ganhou 1,07%, em 3.250,21 pontos.

O S & P / ASX 200 da Austrália avançou 1,06% e encerrou o dia de negociação em 7.386,40 pontos, seu melhor fechamento de todos os tempos, mesmo com fechamentos mais rigorosos de fronteiras estaduais. Empresas como a aérea Qantas sinalizaram que pode haver demissões se o bloqueio em Nova Gales do Sul, onde está situado a cidade de Sydney, Victoria e Austrália do Sul continuar. As ações da mineradora BHP subiram 3,1% depois que a empresa anunciou um acordo de fornecimento de níquel com a Tesla. Rio Tinto avançou 0,9%, mas Fortescue Metals recuou 0,7%. Entre as produtoras de petróleo, Oil Search subiu 0,7%, Santos avançou 2,3% e Woodside Petroleum disparou 3,4%.

Os mercados do Japão permaneceram fechados devido feriado.

O índice MSCI para a Ásia-Pacífico exceto Japão subiu 1,25%.

EUROPA: As bolsas europeias sobem nesta na quinta-feira, à medida que os investidores renovam as apostas de uma recuperação econômica, antes da reunião do Banco Central Europeu.

O Europe Stoxx 600 sobe 1,01%, com as ações de viagens e lazer liderando os ganhos no pan-índice.

O alemão DAX 30 sobe 0,82%, o CAC 40 da França avança 0,71%, enquanto o IBEX 35 da Espanha e o FTSE MIB da Itália sobem 1,18% e 0,92%, respectivamente.

Em Londres, o FTSE 100 sobe 0,27%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 1,5%, Antofagasta adiciona 3,3%, BHP sobe 0,6% e enquanto Rio Tinto cai 0,1%. Entre as gigantes petrolíferas, BP sobe 0,4% e Royal Dutch Shell opera em alta de 0,2%.

O Banco Central Europeu se reúne pela primeira vez desde a mudança da meta de inflação de 2%, o que poderia ser uma chance de anunciar suas intenções de substituir o Programa de Compra de Emergência Pandêmica, que tem capacidade para atingir € 1,85 trilhão (US$ 2,2 trilhões) de compras de títulos públicos.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA sobem nas negociações matinais de quinta-feira, depois que os principais índices avançaram durante as negociações regulares e ficarem positivas durante a semana.

Na quarta-feira, o Dow Jones ganhou 286 pontos, ou alta de 0,83%, em 34.798,00 pontos, enquanto o S&P subiu 0,82%, com o setor de energia avançando 3,5%, representando o melhor desempenho setorial do S&P, com a recuperação dos preços do petróleo. O Nasdaq Composite subiu 0,92%.

Com os ganhos de quarta-feira, os principais índices apagaram as perdas da liquidação de segunda-feira, quando o Dow caiu mais de 700 pontos, queda de 2,09%, seu pior pregão desde outubro, com o aumento dos casos da Covid em todo o mundo ferindo o sentimento dos investidores. O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos caiu para uma baixa de cinco meses de 1,17% no início da semana, piorando também o sentimento dos investidores para desfazer de suas ações. Na quarta-feira, o rendimento dos títulos de 10 anos subiu 8 pontos base, para 1,29%.

A semana de balanços continua movimentada nesta quinta-feira. AT&T, DR Horton, Southwest Air, American Airlines, Abbott Labs e Union Pacific estão entre as empresas que divulgam seus números antes do sino de abertura. Intel, Twitter, Snap e Capital One publicarão suas atualizações trimestrais após o fechamento do mercado.

Até agora, 15% do S&P 500 relatou lucros, com 88% superando as estimativas de lucros, de acordo com a Refinitiv. Das empresas que relataram, 84% superaram as expectativas de receita.

Os investidores também acompanharão a divulgação do número de pedidos de seguro-desemprego semanais do Departamento do Trabalho às 9h30. Economistas esperam que o número de registros iniciais seja de 350.000 pedidos, abaixo da leitura anterior de 360.000. Os números de vendas de casas existentes sairá às 11h00, juntamente com o CB Leading Index, ou Índice de Indicadores Antecedentes, relatório que compreende 10 índices já divulgados no país e que resumem a situação da economia americana e servem como prévia para o desempenho da economia.
ÍNDICES FUTUROS – 7h20:
Dow: +0,22%
SP500: +0,17%
NASDAQ: +0,09%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: -5,32%
Brent: +0,87%
WTI: +1,00%
Soja: -1,77%
Ouro: -0,41%
Bitcoin: +0,37%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra ou venda de ativos.

Deixe um comentário