Notre Dame distribuirá dividendo mínimo obrigatório de R$ 174 milhões

LinkedIn

A Notre Dame distribuirá aos seus acionistas, a título de dividendo mínimo obrigatório, o montante total de R$ 174.844.717,82, equivalente a 25% do lucro líquido da Companhia apurado no exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2020 (ajustado após a destinação para a reserva legal) e correspondente a R$ 0,28433085 por ação de emissão da Companhia.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:GNDI3) nesta sexta-feira (02).

A Companhia reitera a informação de que os acionistas que farão jus ao dividendo mínimo obrigatório serão aqueles registrados como tal em 13 de maio de 2021, sendo que a partir de 14 de maio de 2021 as ações da Companhia passaram a ser negociadas “ex-dividendos”.

A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informados sobre eventuais novas informações do assunto objeto do presente Aviso aos Acionistas.

Prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no 1T21, revertendo lucro

A operadora de planos de saúde Notre Dame Intermédica registrou prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro observado um ano antes, de R$ 160,4 milhões.

receita líquida cresceu 13,4% entre o primeiro trimestre de 2020 e de 2021, para R$ 2,903 bilhões.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 137 milhões no primeiro trimestre, queda de 64,3% ante o mesmo período de 2020. Já o Ebitda ajustado caiu 52,8% no intervalo, para R$ 189,3 milhões.

Entre janeiro e março, a empresa apresentou um resultado financeiro positivo de R$ 49,9 milhões, alta de 52,4% sobre igual período de 2020.

Deixe um comentário