PetroRio informa que a ANP aprovou a cessão de participação de 28,6% no Bloco-C-30 do Campo de Wahoo

LinkedIn

A PetroRio informou que a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou a cessão da participação de 28,6% no Bloco BM-C-30, Campo de Wahoo, da Total E&P do Brasil para a companhia.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:PRIO3), nesta quinta-feira (08).

Com a transação, realizada em 4 de março de 2021, a PetroRio passa a deter 64,3% do Campo, e visa a criação de um segundo cluster de produção através da interligação (tieback) de Wahoo a Frade dando sequência a estratégia de otimização operacional dos seus ativos. O primeiro óleo de Wahoo está previsto para o início de 2024.

De acordo com o relatório de certificação de reservas da DeGolyer & MacNaughton realizado em 2021, o Campo de Wahoo (100%), possui aproximadamente 125 milhões de barris classificados como recursos 1C, além de aproximadamente 7 milhões de barris 1C a serem adicionados ao campo de Frade, referente à sua extensão de vida.

Prejuízo de R$ 39,76 milhões no primeiro trimestre, revertendo lucro

PetroRio teve prejuízo líquido atribuível aos controladores de R$ 39,8 milhões no primeiro trimestre de 2021, ante lucro líquido de R$ 46,2 milhões no mesmo período de 2020.O resultado foi impactado negativamente pelo efeito contábil (não-caixa) da variação cambial e da depreciação e amortização dos novos ativos.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 407,7 milhões no período, o que corresponde a um salto de 176% na comparação com o primeiro trimestre de 2020, com margem de 62%.

receita líquida da companhia somou R$ 655,3 milhões entre janeiro e março, alta de 194,0% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior.

Deixe um comentário